Carnaval e futebol pode sim!

Semana de carnaval, bloquinhos e escolas de samba aquecendo a bateira para mais um desfile nas ruas das grandes cidades. Infelizmente, os campeonatos estaduais vão fazer uma pausa durante os dias de folias. Mas quem foi que disse que futebol, amor ao clube e carnaval não combinam? A torcida Banda Alma Celeste realiza o bloco do Chaco que teve sua primeira edição em 2014 fazendo … Continuar lendo Carnaval e futebol pode sim!

O clássico Rei da Amazônia, Re x Pa

Semana de clássicos pelo Brasil e na capital paraense não seria diferente. No próximo domingo (17) acontecerá o clássico Rei da Amazônia, RexPa, disputado pelos dois maiores clubes do norte do país, mais especifico da cidade de Belém do Pará, Clube do Remo e Paysandu Sport Club. O clássico possui números que dão inveja. Provavelmente, é o clássico mais disputado no mundo com cerca de … Continuar lendo O clássico Rei da Amazônia, Re x Pa

Até quando vão desrespeitar a mulher que gosta de futebol?

Nos últimos dias, pudemos observar algumas publicações difamando as mulheres que frequentam estádios, principalmente as que torcem pelo time rival. Foi publicado um vídeo em que uma torcida organizada do Clube do Remo – PA cantava uma música com palavras de baixo calão para as torcedoras do Paysandu – PA. Nas imagens, podemos observar uma moça com a camisa do Remo fazendo sinal negativo para … Continuar lendo Até quando vão desrespeitar a mulher que gosta de futebol?

Debaixo de um temporal, Paysandu estreia no Parazão com goleada em cima do São Francisco

Na noite da última quarta-feira (23), diante de um público de 10.692 torcedores a estreia do Paysandu começou debaixo de um temporal que começou a cair minutos antes da partida. Após um pequeno susto, logo no início do jogo, com uma cabeçada o pequeno Tavinho abriu o placar para a equipe do São Francisco, no Estádio da Curuzu. Depois disso só deu Paysandu. Cinco minutos … Continuar lendo Debaixo de um temporal, Paysandu estreia no Parazão com goleada em cima do São Francisco

Acessibilidades de inclusão e suas dificuldades no esporte paraense

No último dia 07, o Paysandu Sport Club inovou colocando uma intérprete de libras – Língua Brasileira de Sinais –, um conjunto de formas gestuais utilizada por deficientes auditivos para comunicação entre eles e outras pessoas, sejam surdas ou ouvintes. Danuza Grippa é graduada em Artes Visuais por uma universidade particular da capital paraense, bacharel e licenciatura com curso intensivo de libras e começou atuar … Continuar lendo Acessibilidades de inclusão e suas dificuldades no esporte paraense

Clássico paraense e a possibilidade de disputa o ano todo

Estar em Belém é muito além do que sentir o cheiro da chuva ou tomar um tacacá ao fim da tarde. A capital paraense reserva, dentre a culinária mundialmente conhecida, a paixão da população por futebol e pelos seus respectivos clubes. Um domingo de RexPa, não é domingo comum. Desde a sexta anterior ao jogo já se enxergam bandeiras sendo vendidas nas ruas, comentários nos … Continuar lendo Clássico paraense e a possibilidade de disputa o ano todo