Um bom filho a casa torna: Cristiano Ronaldo é anunciado no Manchester United

Depois de 12 anos, ele está de volta. Às vésperas do fechamento da janela de transferências, Cristiano Ronaldo é anunciado no Manchester United

Nem os maiores especialistas em futebol conseguiriam explicar esta janela de transferências europeia. Como se não bastasse o PSG montando praticamente uma seleção com os melhores jogadores do mundo e os outros times tendo que gastar milhões e milhões para não ficarem de fora da briga, as notícias desta sexta-feira (27) fecham ela com chave de ouro. Cristiano Ronaldo está de volta ao Old Trafford depois de 12 anos.

Aos 36 anos, o português volta ao clube onde foi eleito o melhor jogador do mundo pela primeira vez e se tornou um dos maiores ídolos da história mais recente. Apesar de ter começado sua carreira profissional no Sporting e já um pouco de atenção e holofote ali, Cristiano Ronaldo ajudou o Manchester United a fazer história com a geração de Sir Alex Fergunson.

Cristiano está de volta a casa. O United teria desembolsado € 15 milhões (R$ 92 milhões) mais € 8 milhões (R$ 49 milhões) em bônus como compensação financeira para a Juventus, que não aceitava liberar o craque sem custos. Porém, antes de voltar a casa, a novela envolvendo sua saída da Juve e chegada a Manchester foi muito rápida – o que não quer dizer que ela deixou de ser emocionante. Muito pelo contrário.

A reviravolta em menos de 24 horas

Os rumores de saída de CR7 da Juventus surgiram poucas semanas atrás, mas a concretização de que ele não queria ficar na Itália veio só nesta sexta-feira (27) quando o técnico da Velha Senhora, Massimiliano Aleggri, falou que o português já tinha se despedido até de seus companheiros de time e, por isso, não seria convocado para o jogo de sábado (28) contra o Empoli pelo Campeonato Italiano.

Com os rumores se concretizando, a grande pergunta era: para onde vai Cristiano Ronaldo? Foi aí que entrou o time de Manchester. Ou melhor: os dois times de Manchester. No início da semana surgiram rumores que quem estaria interessado no craque português seria o Manchester City, e não o Manchester United. Com a saída confirmada do time italiano, os rumores só aumentaram. Ainda nesta sexta-feira, poucos minutos depois da entrevista coletiva de Aleggri, Pep Guardiola também falou sobre as possibilidades de trabalhar com Cristiano Ronaldo. Porém, o treinador espanhol foi bem mais cauteloso quando o assunto era esse. “Não posso falar muito. Cristiano Ronaldo é jogador da Juventus, não posso ir além disso. O que dá para dizer é que em três, quatro dias de janela de transferência tudo pode acontecer“, disse o treinador.

“Cristiano vai decidir onde ele quer jogar, não o Manchester City ou eu. Há muitas coisas que estão além do alcance”, declarou Guardiola em entrevista coletiva nesta sexta-feira (26)

Guardiola estava certo. Tudo pode acontecer em três, quatro dias de janela de transferências. Ole Günnar Solskjaer, que também estava em entrevista coletiva, disse que as portas do clube sempre estariam abertas para a volta do português. Foi a partir daqui que a reviravolta – que parecia inimaginável- se tornou pública. Jorge Mendes, empresário do jogador, estava conversando e negociando com as duas equipes de Manchester. Segundo diversos veículos de imprensa europeus, foi aqui que City desistiu da contratação e abriu ainda mais os caminhos para o United fechar negócio.

Logo depois de chegar a Portugal, no Aeroporto de Lisboa, Cristiano Ronaldo foi cercado por jornalistas e, apesar de evitar dar declarações, disse que saberíamos sobre seu futuro “Daqui a uma hora”. Não foi preciso nem de uma hora. Minutos depois da declaração, Cristiano já foi anunciado oficialmente nos perfis do Manchester United nas redes sociais.

A rapidez das negociações pegou o mundo inteiro de surpresa. Poucas horas depois de saber da saída do jogador, o United enviou uma proposta contratual de dois anos e fez uma oferta de compensação financeira à Juventus.

O fim de ciclo na Itália

Os três anos de Cristiano Ronaldo foram de títulos e gols, mas longe de ser tudo que o craque e a torcida esperavam. Contratado para tentar ser a peça que faltava para o clube conquistar a Liga dos Campeões novamente, o time não teve sucesso continental como esperado. Foram três tentativas mal sucedidas: em 2018/19 caiu para o Ajax nas quartas de final; em 2019/20 foi eliminada pelo Lyon nas oitavas de final; já na temporada passada não passou pelo Porto novamente nas oitavas de final.

Apesar das conquistas do Campeonato Italiano nas duas primeiras temporadas, além de uma Copa da Itália e duas Supercopas do país, Cristiano Ronaldo nunca se mostrou plenamente satisfeito na Juventus. Isso ficou bem claro principalmente após a má temporada passada no Campeonato Italiano.

Já que o desafio de brilhar na Juventus não foi completamente alcançado, Cristiano Ronaldo buscou novos ares em um lugar que conhece bem. Mais uma vez, o Teatro dos Sonhos se reverenciará para um dos maiores jogadores da geração.

Foto em destaque: Divulgação/Getty Images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s