UEFA prepara proposta de novo Fair Play Financeiro com teto salarial

Segundo o jornal inglês, as medidas limitariam gastos salariais a um percentual da receita dos clubes

Mais polêmicas no mundinho futebol europeu! Segundo informações soltadas pelo jornal inglês The Times nesta quinta-feira (12), a UEFA está preparando uma proposta de mudança para o Fair Play Financeiro com teto salarial para os clubes e multas altas pra quem violar os regulamentos.

Segundo a reportagem, as medidas serão discutida na próxima reunião que acontecerá na entidade, em setembro. O assunto veio a tona principalmente após a saída de Lionel Messi do Barcelona e sua contratação pelo PSG.

Se aprovada, a proposta da Uefa aproximaria o Fair Play Financeiro no continente à realidade espanhola, com os salários limitados a um percentual das receitas dos clubes, provavelmente os mesmos 70% adotados na Espanha. Além disso, clubes que descumprissem a regra receberiam uma multa alta, que teria uma parte dividida entre os clubes que estivessem em dia com o Fair Play Financeiro.

A polêmica saída de Messi

Ao comunicar a saída do argentino do clube, o Barcelona ressaltou que o fato teve relação com a imposição da LaLiga, que não aceitou as condições financeiras do contrato que o jogador assinaria com o clube e vetou sua inscrição no campeonato. A proposta era de uma renovação de contrato do jogador por dois anos, mas com um prazo de cinco anos para pagamento dos salários. Assim, o Barça conseguiria driblar a regra que estipula um teto de gastos anuais conforme a fonte de receita do clube.

O Fair Play Financeiro na Espanha é estabelecido pela LaLiga, que é a organização que administra o futebol na Espanha. No início de cada temporada, os clubes devem estabelecer um limite de gastos com folha salarial. Essa base é elaborada a partir da arrecadação nos 12 meses anteriores. Esse limite de gastos é obrigatório. Caso algum time descumpra essa regra, ele é impedido de registrar novos atletas e podem sofrer punições ainda mais pesadas da Uefa. A única maneira de aumentar esse limite seria com novos acordos publicitários ou venda de jogadores.

No caso da folha salarial, existe uma regra especial: não pode ser maior do que 70% das receitas esperadas para a temporada. Foi esse o maior problema do Barcelona. Segundo o presidente Joan Laporta, mesmo sem Messi o clube está próximo de 95%. Por mais que o argentino reduzisse a renda pela metade, o clube ainda estaria irregular.

A situação do PSG

A situação do PSG é diferente. Bem diferente. O clube está submetido as regras do Fair Play Financeiro da UEFA e não do futebol francês. A organização que gerencia o futebol na Europa não determina o quanto um clube pode ou não gastar. A avaliação da Uefa em relação as finanças de clubes com temporadas fechadas. Isso significa que o balanço do PSG só será analisado em 2022. Então, não há impedimentos para Messi assinar o contrato.

O órgão fiscalizador financeiro do futebol francês, chamado de DNCG, havia planejado implementar a mesma regra dos 70%, mesma regra do fair play espanhol, mas adiou esses planos por dois anos após a pandemia. Empurrando sua introdução até o início da temporada de 2023/24.

A partir da temporada 2019/20, reconhecidamente afetada pelo cancelamento antecipado e consequente perda de receita, a própria massa salarial do PSG representava cerca de 100% da receita total. Os salários de Messi devem chegar a 40 milhões de euros líquidos anuais ao longo de um acordo de duas temporadas, o que curiosamente termina antes da mudança nas regras do FFP da Ligue 1.

Além disso, o PSG também teria de cumprir os próprios regulamentos de Fair Play Financeiro da Uefa, que impediriam um clube de gastar mais do que ganha durante um determinado período, mas estas regras também foram relaxadas após a pandemia, permitindo ao PSG alguma liberdade para contratar Messi.

Foto em destaque: Divulgação/Getty Images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s