As apostas de Gareth Southgate na última rodada da fase de grupos da Eurocopa

Já classificada, Inglaterra joga contra a República Tcheca com desfalques e novidades 

A Eurocopa entrou na sua terceira e última rodada da fase de grupos e cinco seleções já estão classificadas, antes mesmo de entrar em campo. São elas: França, Suíça, Suécia, Inglaterra e República Tcheca. As duas últimas se enfrentam logo mais, às 16h, em Wembley. 

Para esta partida, o técnico Gareth Southgate terá dois desfalques: Mason Mount e Ben Chilwell entraram em isolamento após anúncio de que o escocês Billy Gilmour testou positivo para a Covid-19. Os ingleses tiveram contato com o companheiro de Chelsea após a partida de sexta-feira (13) entre Inglaterra e Escócia.

Ainda assim, o English Team pode ter boas notícias, como confirmou Southgate nessa segunda. Jordan Henderson e Harry Maguire jogarão nesta terça-feira, após se recuperarem de lesão.

“Ambos estão treinando muito bem e estarão disponíveis amanhã. Estamos felizes com o progresso deles (…) Eles já tiveram um grande impacto nos treinos e no time. Eu não poderia estar mais feliz com o impacto que os jogadores mais experientes tiveram. Eles querem entrar em campo”, disse.

O jogador do Liverpool está se recuperando após uma cirurgia na virilha em fevereiro e Maguire sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo no início de maio. 

Para garantir o primeiro lugar, a Inglaterra precisa vencer os tchecos e esperar os resultados dos jogos do grupo F para saber quem terminará em segundo lugar, caso contrário, eles provavelmente jogarão em Copenhague contra a seleção que terminará em segundo lugar do grupo E. 

Ao ser questionado sobre o capitão Harry Kane, Southgate explicou a importância do atacante para a equipe.

“A única coisa relevante é sua importância para a equipe. Ele tem sido nosso melhor e mais influente jogador por um longo período de tempo. Houve momentos em que jogadores como Raheem [Sterling] também foram críticos em termos de gols, mas Kane é uma figura extremamente importante para nós”.

Jiri Chytry, assistente técnico da República Tcheca, disse o que os tchecos esperam dos ingleses.

“Esperamos enfrentar a Inglaterra extremamente forte que conhecemos nos últimos anos. A sua equipe está bem equilibrada com jogadores experientes de clubes de primeira classe, jovens talentosos. Não estamos lendo muito sobre a exibição contra a Escócia. Foi um derby com características próprias”.

Simon Gleave, chefe de análise de esporte da Gracenote, indica as chances dos ingleses e qual seleção enfrentará nas oitavas.

“A Inglaterra tem 61% de chance de terminar em primeiro no grupo D, 34% de chance de ser segundo e 5% de terceiro lugar. Atualmente, a Inglaterra tem maior probabilidade de enfrentar a Alemanha, em casa, na segunda rodada se vencerem o grupo, enquanto a Espanha é a oposição mais provável, em Copenhague, caso a Inglaterra termine em segundo. A Inglaterra continua sendo a quarta favorita para vencer a Euro 2020, atrás da Bélgica, França e Itália. No entanto, isso se deve à probabilidade de haver mais três partidas em casa se chegarem longe o suficiente.”.

Foto de destaque: Glyn Kirk/PA WIRE 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s