UEFA anuncia público em oito das 12 sedes da Eurocopa

Para a competição que acontece em junho, a confederação afirma que vai ter torcedores na arquibancadas e as capacidades vão depender dos países

Finalmente a confirmação veio! A UEFA anunciou na manhã desta sexta-feira (09) que oito sedes da Eurocopa terão a presença de público no estádio. A competição, que acontece entre junho e julho deste ano, seria realizada em 2020, mas foi adiada por conta da pandemia de coronavírus. A quantidade de torcedores e a capacidade dos estádios variam de acordo com a cidade e os protocolos adotados.

As cidades que estão confirmadas com torcedores são:  Amsterdã (Holanda), Baku (Azerbaijão), Bucareste (Romênia), Budapeste (Hungria), Copenhague (Dinamarca), Glasgow (Escócia), São Petersburgo (Rússia) e Londres, que será o palco da grande final. Munique e Dublin ainda estão com sua participação como sede em aberto e Roma e Bilbao, apesar de terem anunciado a intenção de receber torcedores, ainda não detalharam seus protocolos de segurança.

O prazo final para a decisão das quatro sedes restantes é o dia 19 de abril. Até lá, a UEFA manterá contato com as federações de Alemanha, Irlanda, Itália e Espanha, além dos governos locais para confirmar ou não a participação dos países como sedes. Sobre público no estádio, a confederação não deixou claro se há a exigência para a manutenção das sedes no torneio.

A nota garante que a decisão de público no estádio surgiu com base na projeção de melhora das condições sanitárias de cada país, principalmente com o avanço da vacinação de sua população e a diminuição dos casos de coronavírus. “Vários países anfitriões já haviam incorporado a Euro 2020 na implementação de sua estratégia de recuperação nacional. Além disso, no planejamento da fase final da Euro, a UEFA trabalhou em estreita colaboração com a Organização Mundial de Saúde para adaptar a ferramenta de avaliação de risco Covid-19 da OMS para a Euro 2020”, afirma o comunicado.

Detalhes e normas para cada sede

  • Amsterdã (Holanda): capacidade de 25% a 33%, com possibilidades de aumento se o projeto de testagem em massa der certo;
  • Baku (Azerbaijão): capacidade de 50%, exigindo que torcedores de outros países apresentem o teste negativo antes de entrar no país;
  • Bucareste (Romênia): capacidade de 25% a 33%, com possibilidades de aumento se o projeto de testagem em massa der certo;
  • Budapeste (Hungria): capacidade de 100% desde que os protocolos de saúde sejam cumpridos;
  • Compenhague (Dinamarca): capacidade de 25% a 33%, com possibilidades de aumento se o projeto de testagem em massa der certo;
  • Glasgow (Escócia): capacidade de 25% a 33%;
  • Londres (Inglaterra): capacidade de 25%, com possibilidade de aumento para as fases semifinais e finais que acontecem em julho;
  • São Petesburgo (Rússia): capacidade de 50%, com possibilidade de aumento caso a situação de saúde pública no país melhore até o final de abril.

Foto em destaque: Divulgação/UEFA

Um comentário sobre “UEFA anuncia público em oito das 12 sedes da Eurocopa

Deixe uma resposta para Julya Fonseca Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s