Arsenal e Liverpool esquentam rodada da Premier League neste sábado

Apesar da diferença de campanha entre os dois times, principalmente nas últimas temporadas, o momento de ambos é bem parecido na Premier League e nas competições europeias

Com o término da Data FIFA, este final de semana marca a volta dos campeonatos internacionais a todo vapor. Já neste sábado (03), temos um dos clássicos mais esperados da temporada: Arsenal e Liverpool se enfrentam no Emirates Stadium, às 16h (no horário de Brasília). Apesar dos times viverem momentos completamente diferentes nas últimas temporadas, o atual é bem semelhante para as equipes de Mikel Arteta e Jürgen Klopp.

Além da proximidade na tabela do Campeonato Inglês, ambos têm jogos no meio da semana por conta das competições europeias. Na terça-feira (06), o Liverpool vai até a Espanha para seu primeiro jogo das quartas de final da UEFA Champions League contra o Real Madrid. Enquanto isso, na quinta-feira (08), o Arsenal recebe o Slavia Praga em Londres, também pelas quartas de final da UEFA Europa League.

A volta por cima dos Reds

Não está sendo uma temporada fácil para o Liverpool. Afinal, vindo de duas temporadas praticamente perfeitas, qualquer errinho já acende a luz de alerta. As conquistas da UEFA Champions League e do Mundial de Clubes na temporada 2019/20 e da Premier League em 2020/21 deu alegria a um time que não vencia títulos há um bom tempo.

Os principais problemas de Jürgen Klopp se concentram no departamento médico. Hoje são o capitão Henderson, os zagueiros Van Dijk, Joe Gomez e Matip e Roberto Firmino que provavelmente começarão o jogo no banco pois voltam de lesão. A fase de lesões, principalmente com jogadores da defesa, fez com que o time fosse procurar um zagueiro no mercado. O principal alvo foi Dayot Upamecano, do RB Leipzig, mas já foi vendido e anunciado para a próxima temporada no Bayern de Munique. Porém, os Reds não desistiram do mercado alemão e apostaram em Ozan Kabak, zagueiro turco de 21 anos que veio de empréstimo do Schalke 04. Apesar de suas primeiras atuações nos Reds não serem muito boas, principalmente em seu primeiro jogo, o jogador ajudou um pouco a melhorar a situação na defesa.

Falando em sequência de jogos, o Liverpool não vive uma fase tão consistente. Nos últimos 10 jogos, por exemplo, foram seis derrotas e quatro vitórias. Na Premier League, os Reds estão em sétimo lugar, com 46 pontos em 29 jogos. A diferença para o líder Manchester City chegou a 25 pontos, sendo que o time de Anfield tem um jogo a menos que os Citizens.

Apesar da péssima fase na Premier League, o Liverpool ainda sobrevive na UEFA Champions League. Depois de eliminar o RB Leipzig nas oitavas de final, os Reds encontram o Real Madrid nas quartas, revivendo a final de 2018/19. Pode ser a revanche que o time de Klopp precisa para recuperar a confiança e fazer terminar a temporada com um sorriso no rosto, apesar da dificuldade.

O crescimento Gunner: será que agora vai?

Do outro lado da moeda, a espera por títulos do lado londrino ainda continua. Além de não levantar nenhuma taça internacional em sua história, os Gunners não vencem a Premier League desde a temporada 2003/04. A aposta em Mikel Arteta no final de 2019 veio justamente com este objetivo: acabar com o jejum de títulos. No papel isso aconteceu, pois o Arsenal venceu a FA Cup de 2019/20 e a Supercopa da Inglaterra de 2020. Porém, a inconsistência recorrente de quase todas as temporadas ainda ronda o Emirates Stadium e fez o time perder pontos preciosos no início da Premier League.

A atual situação do Arsenal não se afasta muito da dos adversários desse sábado. Uma das grandes contratações da janela de transferência do começo da temporada, William ainda não fez grandes atuações com a camisa gunner e, por isso, não se firmou como titular. Para tentar ocupar a vaga de Mezut Özil, o Arsenal apostou em Martin Ødegaard, emprestado do Real Madrid. Com a chegada do norueguês, o meio-campo do Arsenal ficou mais organizado e mais jovem, principalmente com Saka e Smith-Rowe ganhando mais chances durante os jogos.

Falando em sequência de jogos, o Arsenal venceu cinco dos últimos 10, empatando três e perdendo dois. Apesar na nona colocação na tabela, a evolução para o começo da temporada é visível. A vitória recente sobre o maior rival, Tottenham, fora de casa também dá um gás para um time que precisa de confiança para enfrentar seus desafios e tentar escrever novas histórias, dessa vez com finais felizes.

Os Gunners também podem finalmente conquistar a Europa nesta temporada. Apesar de perder o jogo de volta para o Olympiacos em casa, por 1 a 0, o Arsenal conseguiu a classificação porque venceu na Grécia por 2 a 1. Nas quartas de final, enfrentam o Slavia Praga, time que eliminou Leicester e Rangers.

Resumindo: é um jogo muito importante para as duas equipes. Colocando a rivalidade à parte, Arsenal e Liverpool precisam dos três pontos pra se firmarem na briga por vagas nas competições europeias pela Premier League e é um bom teste para os confrontos do meio de semana.

Foto em destaque: Divulgação/Arsenal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s