Flamengo é eliminado nos pênaltis pelo Racing, na Libertadores, e está fora de mais uma competição

O Flamengo recebeu, no Maracanã, o Racing Club-Argentina nesta última terça-feira (02), em jogo decisivo pela Copa Libertadores da América. A eliminação precoce nas oitavas de final na competição, pressiona o ambiente do rubro-negro, que fica apenas com o Campeonato Brasileiro para disputar.

Após o empate em 1 a 1 em Buenos Aires na semana passada (24), a decisão ficou para o jogo de volta. O Flamengo entrava em campo classificado, já que a Libertadores tem o critério de desempate, que é a condição de fazer gols fora de casa.

Os cariocas, comandados por Rogério Ceni, criaram muitas chances claras de abrir o placar e perderam as diversas oportunidades. O ataque, não pôde contar com Gabriel Barbosa, que está com desgaste muscular, mas teve Vitinho, Bruno Henrique e Everton Ribeiro no comando, que dominaram o primeiro tempo.

No entanto, a expulsão do zagueiro Rodrigo Caio, pode ser considerada o marco do crescimento do Racing no jogo. A falta que tirou o zagueiro do jogo, também gerou a falta que deu origem ao gol dos argentinos aos 19 minutos do segundo tempo. A falha de Gustavo Henrique, que não conseguiu cortar a bola sobrando para Sigali empurrar para o fundo do gol, preocupou Rogério Ceni. O técnico, então, optou por sacar Arrascaeta do jogo e colocar o menino João Gomes, para recompor a defesa flamenguista.

A partir disso, o Flamengo precisava de um gol para levar a disputa para os pênaltis. A saída Everton Ribeiro, para a entrada do centroavante Pedro, tirou a criatividade dos rubro-negros. Mais desorganizado, a equipe de Rogério Ceni ia para o ‘tudo ou nada’ e a partir de um escanteio cobrado por Diego, aos 47 minutos dos segundo tempo, Willian Arão consegue colocar a bola dentro das redes do Racing de cabeça.

A decisão foi para as penalidades. Na quarta cobrança do Flamengo, o mesmo Arão, que havia forçado a disputa dos pênaltis e colocava-se como herói da partida, desperdiçou a cobrança que dava a vantagem do quinto gol do Racing e ser o último da disputa. E assim foi.

A festa no vestiário argentino dentro do Maracanã após a partida, mostrava o tamanho do feito que o Racing atingiu. Para as quartas de final, os argentinos aguardam Boca Juniors (ARG) ou Internacional, que terão a partida de ida hoje, por conta do adiamento do jogo da semana passada, devido à morte do ídolo Diego Maradona.

O Flamengo está fora da Libertadores e também da Copa do Brasil, foi eliminado pelo São Paulo depois de ter perdido – novamente – no Maracanã, mas dessa vez no jogo de ida. Devido ao grande investimento feito pela diretoria em grandes jogadores, somada a relevante folha salarial, pressionam ainda mais a equipe por resultados.

Um grupo de torcedores da organizada do Flamengo foi manifestar sua indignação na porta do estádio após a partida. O próximo jogo dos cariocas é contra seu rival Botafogo, no Nilton Santos no sábado(05), às 17h – horário de Brasília.

Foto de desu: Antonio Lacerda/EFE           

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s