Estreia de Abel Braga é marcada por má atuação do Inter no Beira-Rio

Colorado foi derrotado pelo América Mineiro, por 1 a 0 e terá que reverter o placar na próxima quarta-feira, na Arena Independência, para avançar na competição nacional

Na sétima estreia de Abel Braga, o Inter foi derrotado pelo América Mineiro, por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Agora, o Colorado precisará vencer na próxima quarta-feira, às 21h30min, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Sem mudanças em sua escalação inicial, o time apresentou bastante dificuldades para produzir ofensivamente e foi “amarrado” pela estratégia do Coelho. Logo aos 13 minutos da primeira etapa, Rodolfo abriu o placar para os visitantes, em jogada bem tramada dos mineiros.

Organizado, o América se aproveitou do 1 a 0 e passou a esperar um Inter que teve muitas dificuldades para criar durante toda a partida e levou pouco perigo à meta adversária. Abusando dos cruzamentos, o time de Abel Braga encontrou uma defesa bem postada e não superou a desvantagem ou controlou a partida em nenhum momento. 

Pouca inspiração ofensiva

Precisando mudar a partida, o Inter adiantou sua marcação no começo do segundo tempo. Na primeira jogada, Peglow finalizou por cima do gol e quase empatou. No entanto, em vacilo defensivo, foi o América que chegou perto de ampliar. Ademir recebeu dentro da área, rolou para o meio, Uendel salvou, na sobra, Rodolfo cabeceou e Zé Gabriel tirou com o peito dentro do gol. 

Em resposta, Edenilson entrou driblando na área, mas puxou a bola para a perna esquerda e a finalização veio fraca. Com dificuldades pelo chão, o Colorado apostava bastante nas bolas cruzadas de Heitor e Uendel. 

Para ter mais ímpeto no ataquel, Abel colocou D’Alessandro e Nonato nos lugares de Heitor e Peglow, que havia entrado no primeiro tempo. Apesar disso, a equipe encontrava muitas dificuldades para criar oportunidades. 

Na base da vontade, aos 32 minutos, Galhardo quase empatou em cruzamento da intermediária de Cuesta. Yuri Alberto entrou no lugar de Lindoso, aos 35, para manter o Inter cada vez mais no ataque. Aos 45, o artilheiro girou para cima da marcação e finalizou para fora. Com sua estratégia, o América soube neutralizar o Inter e segurou o resultado até o final. 

Copa do Brasil – Quartas de final – Ida

Inter 0

Marcelo Lomba; Heitor (Heitor), Zé Gabriel, Cuesta e Uendel; Lindoso (Yuri Alberto), Edenilson, Patrick (João Peglow, D’Alessandro) e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo e Abel Hernández. Técnico: Abel Braga

América-MG 1 

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Toscano); Felipe Azevedo (Calyson), Ademir (Neto Berola) e Rodolfo (Vitão). Técnico: Lisca

Gols: Rodolfo (13min/1T°)
Cartões amarelos: Geovane e Ademir (América Mineiro) Zé Gabriel (Inter)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
 

Foto de destaque: Elton Silveira/Estadão Conteúdo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s