29 a 0: Mais que um jogo, um pedido de ajuda!

Após um placar inusitado de 29 a 0, a partida entre Taboão da Serra e São Paulo, foi motivo de muita discussão e principalmente de pedido de atenção

Na última quarta-feira (21), o São Paulo, entrou em campo pela segunda rodada do Campeonato Paulista de Futebol Feminino, para encarar o Taboão da Serra, na Arena Barueri. A partida, entretanto, ficou marcada por conta de um placar inusitado de 29 a 0 para o tricolor paulista.

Em 2019, durante a Copa do Mundo Feminina na França, uma situação semelhante aconteceu. A equipe dos Estados Unidos goleou a Tailândia por 13 a 0, e isso acabou virando motivo de chacota na época. No Rio de Janeiro, no mesmo ano, o Flamengo goleou o Greminho, um time semi-amador, por 56 a 0 e levantou debates sobre a atitude das rubro-negras. No jogo da última quarta-feira, entre o Taboão e o São Paulo isso não foi diferente.

Nas redes sociais, muitos torcedores tricolores que nunca apoiaram o futebol feminino, utilizaram deste motivo para se vangloriar diante dos rivais, outros até mencionaram o fato de que isso só acontece no feminino por ser mais fácil.

Futebol Feminino é isso , todo chute que vai no gol as goleiras aceitam, chega ser brincadeira nunca que no futebol masculino um time amador tomaria essa goleada de um time profissional

Romário Paludo (@Romariopaludo) em 21 de outubro de 2020.

É válido lembrar que, ainda que o futebol feminino tenha ganhado visibilidade após a Copa do Mundo, e também com o histórico fato da final do Paulistão em 2019 com um recorde de público, as coisas não evoluíram tanto em projetos e dentro dos times.

O fato do São Paulo não ter segurado o pé no jogo, não muda o fato de que é necessário olhar para o futebol feminino com mais carinho, e que algo precisa ser feito e urgente. As jogadoras do tricolor treinaram para isso, mas infelizmente a realidade no time do Taboão passou longe disso.

Em entrevista à TV da Federação Paulista de Futebol (FPF), a capitã e volante do Taboão da Serra, Nini, fez a seguinte declaração:

“A gente sabia que seria difícil, o São Paulo vem treinando há muito tempo, inclusive durante a pandemia, enquanto nosso time é um elenco muito jovem e praticamente nós não tivemos treino. Nós conseguimos um campo recentemente, treinamos três dias antes do início do Campeonato Paulista, nesta semana tivemos mais dois dias de trabalho no campo, então é muito difícil jogar e posicionar taticamente contra um time do nível do São Paulo”.

Nini, capitã da equipe do Taboão da Serra

Imagem: Reprodução/ FPF TV

Ela ainda reforçou que o clube pouco ajuda as atletas, que não tem salário, condução ou sequer roupa de treino, mas que a oportunidade de participar do Campeonato Paulista foi o motivador para muitas meninas que são novas no time e sonham em jogar algum dia em um clube maior e mais estruturado.

A equipe do CATS foi montada às pressas e tiveram apenas três dias de preparação antes do início da competição, enquanto a equipe tricolor tem um dos times mais competitivos do país. Diante deste cenário fica claro que há uma desigualdade e falta de respeito com o futebol feminino, principalmente no Brasil, e infelizmente a equipe do Taboão da Serra não é a única neste condição.

Medidas urgentes precisam ser tomadas, principalmente dentro dos clubes, para que haja uma valorização das atletas que muitas vezes entregam muito mais dentro de campo do que muitos jogadores da elite do futebol nacional. Não pode mais acontecer esse tipo de situação, não desta forma. O futebol feminino precisa jogar no contra-ataque dessa situação.

Foto de capa: Reprodução/Instagram Clube Atlético Taboão da Serra

Um comentário sobre “29 a 0: Mais que um jogo, um pedido de ajuda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s