Fase final do Brasilerão A1 feminino terá VAR e será disputada nos principais estádios

Novidades foram apresentadas durante reunião por videoconferência na última sexta-feira (16), que aconteceu na sede da CBF

A fase final do Campeonato Brasileiro da Série A1 feminino terá novidades aos torcedores. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na última sexta-feira (16), que as partidas serão disputadas nos principais estádios de cada clube e terá, a partir das semifinais, a presença do árbitro de vídeo (VAR).

De acordo com a FIFA, a competição brasileira se torna a primeira do mundo a usar este recurso. Antes disso, o VAR foi utilizado apenas na Copa do Mundo do ano passado e nos jogos finais da Champions League feminina.

A reunião foi conduzida pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, e contou com a presença dos presidentes dos clubes: Andrés Sanchez, do Corinthians; Carlos Salmazo, da Ferroviária; Francisco Batistotti, do Avaí; Maurício Galiotte, do Palmeiras; Orlando Rollo, do Santos; e Romildo Bolzan, do Grêmio, além de representantes do Internacional e do São Paulo, e das Federações Estaduais envolvidas na fase final do torneio.

Segundo a assessoria da CBF, o presidente pontuou sobre o momento do futebol feminino e ressaltou as melhorias que serão implementadas na competição. A partir de 25 de outubro, Avaí/Kindermann, Corinthians, Ferroviária, Grêmio, Internacional, Santos, São Paulo e Palmeiras começam a disputa para saber quem leva o título do Brasileirão.

Queremos chamar a atenção do grande público, fazer um plano de comunicação para dar maior visibilidade. Faremos o envelopamento dos estádios e queremos ter a melhor estrutura possível a partir da fase de quartas de final da competição. Para isso, é muito importante que a gente conte com os melhores equipamentos que vocês tenham. Ou seja, os estádios principais de cada equipe. Isso é fundamental para chamar a atenção da mídia, do torcedor e de todos os envolvidos. Mostrar que o futebol feminino é pujante e merece toda a nossa atenção”, pontuou Caboclo.

A Coordenadora de Competições Femininas, Aline Pellegrino, ressaltou a importância de construir esses avanços na principal competição feminina do país.

No decorrer do encontro, também foram discutidas questões visuais para a fase final, como placas de identificação do entorno do gramado, envelopamento dos estádios e backdrops para entrevistas durante as transmissões. Além disso, foi anunciada a criação de uma premiação para a melhor jogadora de cada partida da fase final do Brasileiro feminino A1.

Reunião técnica da fase final do Brasileirão Feminino A-1
Reunião sobre fase final do Brasileirão Feminino A-1. (Foto: Mariana Sá/CBF)

Foto de destaque: Getty Images

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s