Santos é condenado a pagar R$ 4,4 milhões a Sampaoli

Clube alegava que Sampaoli havia pedido demissão e precisava pagar multa contratual. Santos ainda pode recorrer da decisão 

Em decisão pela 5ª Vara do Trabalho de Santos, o clube paulista foi condenado a pagar R$ 4,4 milhões ao técnico Jorge Sampaoli. O valor é referente as férias, ao 13º, FGTS e a premiação pela classificação do clube a Libertadores deste ano.

A briga judicial estava relacionada a data do pedido de demissão do técnico. Sampaoli afirmava que teria sido dia 11 de dezembro do ano passado, enquanto o Santos entendia ter acontecido dois dias antes, com isso, não haveria obrigatoriedade de pagamento da multa, que seria no dia 10 de dezembro.

Os advogados responsáveis pela defesa de Sampaoli conseguiram apresentar provas de que o técnico só oficializou sua saída da equipe no dia 11. Assim, quando pediu demissão, não tinha mais multa no contrato.

O juiz responsável pelo caso entendeu que o pedido de desligamento ocorreu no dia do pedido de demissão. Portanto, o técnico tem o direito de receber o que deve, sem os R$ 10 milhões da multa rescisória. 

Vale lembrar que o Santos ainda pode sofrer mais punições da Fifa por dívidas com contratações de antigos jogadores. 

Foto de destaque: Ivan Storti/Santos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s