Um ano do bicampeonato brasileiro da Ferroviária

Em partida emocionante diante do Corinthians, as Guerreiras Grenás venceram nos pênaltis e se sagraram campeãs

No dia 29 de setembro de 2019, Ferroviária e Corinthians entraram em campo para decidir a Série A1 do Campeonato Brasileiro feminino. Naquele dia, a equipe de Araraquara, comandada por Tatiele Silveira, levantou a taça da competição pela segunda vez, neste novo formato. Na primeira fase desta temporada, o time ocupa a 6ª colocação.

Em 2019, a equipe terminou a fase inicial na 7ª colocação, somando 23 pontos, com seis vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Assim como neste ano, oito times se classificaram para as quartas de final.

Nessa fase, a Ferroviária enfrentou o Santos. Na primeira partida, realizada na Fonte Luminosa, as Sereias da Vila venceram por 2 a 1. No jogo da volta, a Locomotiva repetiu o placar e a classificação foi decidida nos pênaltis. A equipe santista converteu apenas uma penalidade, enquanto as Guerreiras converteram três, conquistando uma vaga na fase seguinte.

Nas semifinais, a Ferroviária encarou o Avaí/Kindermann. A partida de ida terminou empatada, com um gol para cada lado. Na segunda partida, realizada na casa da equipe catarinense, o placar foi repetido e, mais uma vez, a decisão foi para os pênaltis. O time de Araraquara garantiu uma vaga na grande final, após acertar quatro penalidades contra duas do Avaí/Kindermann. 

Foto: Jonatan Dutra/AFE

Na oportunidade, as Guerreiras Grenás enfrentaram um Corinthians campeão da competição em 2018, com apenas uma derrota no campeonato. Vale lembrar que os confrontos da grande final foram transmitidos em um canal da TV aberta. A primeira partida terminou 1 a 1, com gols de Aline Milene, para a Ferroviária, e Erika, para a equipe corintiana.

O campeonato foi decidido no Parque São Jorge. A partida mais uma vez se encaminhou para as penalidades, já que no tempo normal o placar não saiu do 0 a 0. As jogadoras Luana, Aline Milene, Andreia e Gessica marcaram para a Ferroviária. O Corinthians converteu dois pênaltis, com Victória e Gabi Zanotti. 

A goleira grená, Luciana, ainda defendeu a cobrança de Tamires. Ingrid, jogadora do Corinthians, bateu para fora. Com isso, as Guerreiras Grenás venceram por 4 a 2 e conquistaram o bicampeonato da Série A1 do Campeonato Brasileiro feminino.

A Ferroviária é uma das principais referências no futebol feminino brasileiro. A equipe carrega na bagagem três campeonatos paulistas, uma Copa do Brasil, uma Copa Libertadores e dois campeonatos brasileiros. O título nacional de 2019 foi o primeiro a ser conquistado por uma técnica mulher, Tatiele Silveira.

Em 2014, a Locomotiva ganhou o Campeonato Brasileiro feminino pela primeira vez, na atual configuração, vencendo o Avaí/Kindermann nas duas partidas finais, a de ida por 3 a 0 e a de volta pelo placar de 5 a 3. 

Nesta temporada, as Guerreiras Grenás seguem em busca do tricampeonato da equipe e o bicampeonato da treinadora Tatiele Silveira. Até o momento, a Ferroviária ocupa a 6ª colocação, com 20 pontos somados.

Foto de destaque: Jonatan Dutra/AFE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s