Champions League feminina: Lyon mantém hegemonia

A equipe francesa é a maior vencedora da competição, disputada desde 2002

No último domingo (30), aconteceu a grande final da Champions League feminina e, assim como no masculino, tivemos um duelo entre França e Alemanha. Desta vez, Lyon e Wolfsburg disputaram o título da competição mais significativa da Europa e uma das mais importantes do futebol mundial.

A partida foi realizada no Estádio Anoeta, em San Sebastián, na Espanha. O Lyon estava sem uma das suas principais jogadoras devido a uma lesão, Ada Hegerberg, melhor jogadora do mundo em 2018 e heroína do título na temporada passada, com três gols em cima do Barcelona. Apesar disso, pôde contar com outras de suas estrelas que mostraram o porquê a equipe francesa mantém a hegemonia no futebol europeu feminino.

Os gols da vitória ficaram por conta de  Eugénie Le Sommer, Saki Kumagai e Sara Björk Gunnarsdottir, recém chegada ao time e que pertencia ao adversário. Le Sommer abriu o placar aos 25′ do primeiro tempo, seguida por Kumagai e Gunnarsdottir, aos 44′ e 88′ respectivamente. Enquanto isso, as alemãs apenas conseguiram diminuir aos 57′, com um gol da atacante alemã Alexandra Popp.

Esta foi a 4ª vez que os dois times fizeram a decisão da Liga, sendo três delas conquistadas pelo Lyon. Com essa vitória, o time francês segue como o maior vencedor do campeonato, com sete títulos, sendo este o 5º consecutivo.

A trajetória para a glória foi marcada por uma excelente defesa e ataque. Na primeira fase do mata-mata, as meninas venceram o Ryazan, da Rússia, por 9 a 0 e 7 a 0. Nas oitavas, passaram por cima do Fortuna Hjorring, da Dinamarca, por 4 a 0 e 7 a 0. Já nas quartas de final, a vítima foi o Bayern de Munique, em uma vitória por 2 a 1. O compatriota PSG foi eliminado por 1 a 0, na semifinal. 

Foto: Reprodução/UEFA

A equipe feminina do Lyon é a única a igualar com o feito de cinco títulos consecutivos da equipe masculina do Real Madrid. E se depender de sua zagueira e capitã, Wendie Renard, ultrapassará essa marca.

Nunca estou cansada de vencer. Você pode contar comigo para estar lá no próximo ano. A gente celebra porque é difícil ganhar esta competição. Temos que lutar todos os anos por esse troféu e é lindo. Vamos levá-lo para casa e vamos festejá-lo com todos. Queremos deixar uma marca. Temos que ir para o 6º para superar o recorde que igualamos hoje”, disse à emissora francesa ‘Canal+’.

Animada, Le Sommer declarou na entrevista que, mesmo com tantos títulos, vencer não perde a graça.

É muita alegria. Muitas vezes nos perguntam se não estamos cansadas de vencer. Não, não estamos. Olhe para a nossa alegria, não há cansaço, queremos sempre vencer e hoje, mesmo que seja o 7º, a alegria continua, mesmo que seja um pouco diferente. E sempre há um sabor particular quando ganhamos a Champions League”.

Esta é a segunda temporada seguida que a equipe conquista a tríplice coroa. Além da Champions, Lyon conquistou, nesta temporada, a Copa da França e o Campeonato Francês.

Foto de destaque: Reprodução/UEFA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s