Cabine do VAR no chão, após chute de Gatito. Imagem: Reprodução

Após derrubar o VAR, Gatito se diz arrependido

Goleiro do Botafogo publicou em suas redes sociais um desabafo sobre o episódio que ocorreu no Estádio Nilton Santos

Contra o Internacional neste último sábado (29), o Botafogo perdeu por 2 a 0 na 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a finalização da partida, o goleiro do clube alvinegro carioca, Gatito Fernández, mostrou-se desapontado com a atuação da arbitragem e, para descontar, acabou atingindo e derrubando a cabine do VAR.

Matheus Babi foi o autor do gol que acabou anulado após análise de vídeo, por impedimento. O segundo tempo de bola rolando também foi impactado por mais uma anulação para o Botafogo. A arbitragem não considerou a finalização feita por Bruno Nazário, por falta de Matheus Babi no início do lance. Houve muita reclamação da equipe após os dois lances

De cabeça fria

Após o episódio, Gatito utilizou sua rede social para deixar um desabafo sobre o ocorrido e sua atitude. Segundo o texto, o goleiro se disse arrependido e sem orgulho da postura que tomou no momento.

O atleta ainda sinalizou que é preciso dar exemplo, principalmente pelo papel que tem no esporte. Mas, ainda assim, criticou fielmente o uso do VAR de “forma despreparada”, conforme descreveu.

Leia na íntegra o desabafo:

“Gostaria tentar explicar meu ato de hoje ao chutar a cabine do VAR. De cabeça fria, agora, é claro que me arrependo. Não é uma postura que me orgulho e não deveria mesmo ter feito isso.

Sei do meu papel, sei que devo dar exemplos. Mas tudo tem um limite e sequer temos um caminho para tentar fazer com que as coisas melhorem na arbitragem.

O VAR chegou para ficar e está ajudando bastante o futebol no Brasil e em todo o mundo. O que não pode acontecer é termos profissionais completamente despreparados para usar tal ferramenta.

Novamente, assumo que não tive a postura correta ao sair de campo. Todos sabem do meu caráter e tudo que consegui construir até hoje em minha carreira, não foi de um dia para outro. Mas, de cabeça quente, e com tudo que todos viram nas decisões da arbitragem, fica quase impossível não esboçar qualquer tipo de reação.

Os atletas precisam ter o direito de participar desta construção de nova arbitragem no mundo. O que está acontecendo na atualidade não nos satisfaz. Apenas isso.

Vamos seguir trabalhando com todo o esforço para levar ao torcedor nosso melhor. Queremos que outras esferas que fazem parte de um evento tão importante também se preparem com tal responsabilidade”.

Foto de destaque: Reprodução

Um comentário sobre “Após derrubar o VAR, Gatito se diz arrependido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s