Conheça a história de Diego Galdi, o garoto de 10 anos que faz sucesso no YouTube com vídeos de futebol

Diego Galdi se intitula como um menino sonhador que queria ser jogador de futebol, mas que se encontrou em frente às câmeras

O YouTube é uma plataforma que está em alta, principalmente com canais voltados a desafios e entrevistas de futebol. O público infantil e adolescente da nova geração cresce acompanhando esses canais e tendo como inspiração os seus integrantes.

Diego Galdi é um youtuber mirim de apenas 10 anos. Ele soma quase 100 mil seguidores em seu Instagram e 350 mil inscritos no seu canal, Diego Galdi 23. Como toda criança, ele sonhava em ser jogador de futebol, porém viu no YouTube uma maneira de ingressar em outra área, a da comunicação.

Ele participou das cinco últimas edições do Caioba Soccer Camp, evento do jornalista Caio Ribeiro, e das quatro últimas Flóridas Cup. O garoto, hoje, está frequentemente com grandes jogadores e youtubers, porém, no início, precisou da aprovação dos pais para poder investir nesse novo sonho.

WhatsApp Image 2020-08-17 at 00.39.55
Caio Ribeiro chamou o Diego no palco em uma das edições do Caioba Soccer Camp. (Foto: Arquivo Pessoal)

Início do canal e inspiração em Juninho Manela

Em 2017, Diego Galdi, que na época tinha apenas oito anos, começou a pedir para os pais criarem um canal no YouTube para ele. Patrícia e Renato Galdi achavam esse “mundo de youtuber” totalmente desconhecido. “Eles não deram muita importância, mas eu insistia todos os dias”, contou Diego.

No ano seguinte, Galdi participou do Caioba Soccer Camp, um evento de futebol para crianças, fundado pelo jornalista Caio Ribeiro que conta com a participação de ex-jogadores e Youtubers.

“Eu estava bastante eufórico. Na sexta-feira à noite, o Kaká entrou no restaurante para jantar e eu fui tirar uma foto com ele. Mas quando o Juninho, do Vosso Canal, entrou, a minha atenção voltou-se totalmente para ele”, disse Diego.

Fiquei muito ansioso e ainda não acreditava que estava diante do meu ídolo”, acrescentou.

WhatsApp Image 2020-08-17 at 00.39.55 (1)
Diego e Juninho Manela em Londrina. (Foto: Arquivo Pessoal)

Juninho Manela é um YouTuber de Londrina, que faz parte do “Vosso Canal”. Com 6 milhões de inscritos, os integrantes do canal são considerados ídolos para essa nova geração, principalmente o Juninho, que foi um dos principais incentivadores para que o Diego criasse o seu canal.

“No domingo, depois de eu ter me apresentado, o Juninho falou com meus pais que eu era uma criança muito desenvolta, comunicativa e que tinha bastante potencial”, contou ele.

Diego completou nove anos em novembro de 2018, e o YouTuber veio de Londrina para prestigiar o aniversario do garoto. “Ele pediu aos meus pais se poderia fazer um vídeo comigo e acabou sendo um presente duplo, a presença do Juninho no meu aniversário e a gravação de um vídeo com ele. Foi um dia mágico e especial”, relembrou Galdi.

Em janeiro do ano seguinte, o garoto participou de um novo evento de futebol, dessa vez, nos Estados Unidos. Era do Caioba Soccer Camp, e o Vosso Canal estava lá também.

Ao término da competição, o Juninho convidou Diego para participar e gravar um novo conteúdo, que seria um desafio com o neto do Zico, de 11 anos, jogador de base do Flamengo e federado. “Eu tinha nove anos, participei e graças a Deus mandei muito bem”, relembra Diego.

Eu estava decidido e novamente falei aos meus pais: ‘agora eu quero o meu canal!’. Foram 15 dias de muito aprendizado em Orlando e de mais algumas gravações. Os vídeos fizeram sucesso e os meus pais toparam me ajudar”.

Os pais de Diego compraram os primeiros equipamentos para gravações do garoto, que abriu o canal em março de 2019. Segundo ele, ali havia começado o seu sonho.

Instagram, YouTube… Entrei de cabeça. Aprendemos tudo do zero, fui convidado para fazer uma série no Vosso Canal e a série explodiu. De menino sonhador, que queria ser jogador de futebol, me encontrei em frente às câmeras”.

Diego começou a gravar e, com a ajuda dos pais, deram “uma cara” ao canal. Foram de nenhum inscrito para 350 mil em um ano, e a marca de 21 milhões de visualizações. No Instagram, a mesma coisa. Hoje, prestes a completar 11 anos, Diego Galdi possui 100 mil seguidores. “Isso chamou atenção de algumas marcas nacionais e internacionais, e tem me ajudado cada vez mais na comunicação”, disse ele.

A mãe de Diego, Patrícia Galdi, contou ao Rainhas do Drible que ele participa diretamente na criação dos temas e que aprende muito com alguns canais. “Ele gosta de criar assuntos inéditos e brincadeiras tradicionais adaptadas ao futebol”, contou ela.

Patrícia e o seu esposo, Renato, pai de Diego, acompanham o jovem e o ajudam na elaboração dos vídeos, thumbs e edições. “Meus pais estão sempre presentes, desde as gravações até a reserva dos espaços. Estão sempre buscando parcerias e formas de deixar o canal mais ‘top'”, disse o youtuber mirim.

WhatsApp Image 2020-08-17 at 00.39.59 (1)
Diego e os pais em Orlando. (Foto: Arquivo Pessoal)

A “bandeira” do canal Diego Galdi 23 é a equality, onde ele fala de futebol com desafios e brincadeiras. O número 23 não é por acaso. O pai do garoto sempre foi fã do Michael Jordan e David Beckham, ambos usavam essa numeração.

“Eu sou muita fã do Lebron James, que também usa o número e eu nasci no dia 23 de novembro. Enquanto a maioria escolhe o número 10, eu não ‘abro mão’ do 23”, contou Diego. Ele também disse ao Rainhas do Drible que os pais lhe ensinam que não é sempre que ele vai ganhar os desafios, porém tem que buscar sempre aprendizado.

“Meus pais me dizem que o importante é eu ser sempre educado e tratar bem as pessoas, para que gostem de gravar comigo e para que eu continue sendo convidado a gravar com meus ídolos jogadores e os maiores YouTubers do país”, acrescentou.

Apesar de encontrar dificuldades em organizar o tempo de gravações e os estudos, Galdi entende que estudar é a sua prioridade, embora tenha um compromisso público de horários e postagens de três vídeos por semana.

“Esse ano eu ainda estudo à tarde, então revezo as manhãs entre meus treinos, inglês e gravações. Quando não tenho compromissos, também gravo aos finais de semana”, contou ele.

De dentro do campo para as telinhas

Como toda criança, Diego sempre foi um praticante do futebol. Aos cinco anos, ingressou na escolinha de futebol do Corinthians e, na sequência, foi convidado a treinar também na escolinha do PSG. “Foi lá que ele se destacou e foi selecionado ao time de elite da unidade francesa no Brasil”, contou a sua mãe, Patrícia Galdi.

Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Diego, o seu amor pela modalidade transcendeu do futebol de dentro de campo e passou para o futebol nas “telinhas”. “Compartilhando sonhos e brincadeiras com as pessoas. O esporte é o momento de brincar com os amigos, a melhor hora do dia na escola e na sala de casa, quando ela vira um campo de futebol”, disse ele.

Dentro do meu canal, eu gosto de usar o padrão Disney. Ou seja, todo mundo lá pode ser o Mickey ou a Minnie, não importa raça, cor, religião. Se é gordo, magro, alto, baixo… Todos têm direito e devem praticar esportes, brincar, ser feliz e poder se comunicar”.

Melhores momentos e carinho do público

Para Diego, é difícil escolher apenas um melhor momento como youtuber. Porém, ele listou algumas situações que foram bem especiais e marcantes nessa sua trajetória. Entre elas, estão a marca dos 100 mil inscritos, junto ao recebimento da placa do YouTube, a ida até a Flórida Cup, em Orlando, e os convites para eventos.

“Eu fui convidado para participar do jogo beneficente do Emerson Sheik e fiquei o tempo todo com os jogadores, desde a concentração no hotel até o ônibus para a partida, que foi na Arena Corinthians. Fui convidado também para o jogo beneficente do Narciso, na Vila Belmiro, e diversos outros eventos”, disse ele.

Diego já gravou com o youtuber Fred, do canal Desimpedidos, maior canal de futebol da américa latina. Também foi entrevistado pelo Fabio Nakano, do FutLiga. “O Talk Show com ele (Fabio) foi incrível. Porém, o dia mais engraçado foi quando o meu pai quase raspou o cabelo no vídeo e terminou pintando-o de amarelo”, se diverte ele.

WhatsApp Image 2020-08-17 at 00.39.56
Diego com o Arthur Balan, do Vosso Canal, e o Fred, do Desimpedidos. (Foto: Arquivo Pessoal)

O youtuber mirim possui muitos fãs e admiradores do seu trabalho, e leva esse reconhecimento do público e dos pais das outras crianças que o acompanham como algo que o deixa “irradiante de alegria”.

“Como os meus pais dizem, isso tudo me dá combustível para seguir minha jornada no meio da comunicação”, acrescentou Diego.

Porém, o garoto também sofre com os “haters” na internet. “É difícil entender algumas críticas sem motivo, alguns xingamentos gratuitos de pessoas que não me conhecem e não acompanham os meus vídeos”, contou ele.

Certamente, se me conhecessem ou me acompanhassem, não seriam tão agressivos sem razão. Infelizmente, tem muito ódio e ameaças que não se explicam”, acrescentou.

Patrícia e Renato, como pais, ensinam o Diego a lidar com as críticas e explicam que elas servem para que ele possa fazer certas reflexões e averiguar se estão no caminho certo ou se é preciso corrigir alguma coisa. Os dois trabalhavam no mercado financeiro e pararam tudo para cuidar da carreira do filho. Segundo eles, ser pai e mãe de youtuber é aprender todos os dias.

“Abrimos uma produtora e uma empresa de marketing digital, aprendemos a gravar, editar, a fazer tudo. Acreditamos que dessa forma os vídeos possuem mais qualidade e amor, pois fazemos tudo com muita qualidade e de uma forma bem especial”, disse Patrícia.

Sonho para o futuro e maiores inspirações

Diego tem o sonho de consolidar o seu canal e continuar crescendo nessa área. Segundo ele, isso lhe abrirá muitas portas dentro da comunicação e do jornalismo esportivo. “Com 10 anos, treinando bastante, acreditando nos meus sonhos e com ajuda de Deus, conseguirei realizar”.

Apesar de amar ser youtuber, Diego, que possui cidadania italiana, quer manter as suas atividades extracurriculares, como o inglês, francês e, em breve, italiano. Além de projetos para realizar eventos pelo Brasil e em outros países.

“Com muita disciplina, vou continuar treinando e me dedicando. Tenho o Messi e o Cristiano Ronaldo como inspirações, aprendo muito com eles. São dois ídolos e exemplos de profissionalismo”, finalizou Diego Galdi.

View this post on Instagram

🇪🇸 Mar 2019 • ☝🏼 🙏🏼 👆🏼

A post shared by Diego Galdi (@diegogaldi23) on

 

Foto de destaque: Arquivo Pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s