O risco que se corre com a volta do campeonato nacional

Partidas adiadas por conta de resultados positivos para a Covid-19, alerta a onda de infecções

O Campeonato Brasileiro voltou este fim de semana. E quando digo campeonato, não é particularmente a Série A, mas também as Séries B e C. Ao todo, 120 clubes entrarão em campo este ano e ano que vem para disputa pelo futebol nacional.

Mas deixa aqui o questionamento: E quanto a segurança para a realização das partidas em meio a pandemia do novo coronavírus?

Ontem, pela série A, a partida entre Goiás x São Paulo foi cancelada após a contraprova dos exames do time goiano confirmar dez casos positivos. E pela Série C, Treze x Imperatriz também tiveram sua partida adiada por conta dos 12 jogadores do Cavalo de Aço que testaram positivo.

Apesar de alguns estados estarem em zona estável ou em queda, o número de infectados e mortos ainda é crescente. O Brasil é o segundo país com o maior número de casos, perdendo somente para os Estados Unidos.

E um dos riscos para o aumento da onda de infecção, é o tempo e a divulgação de resultado dos testes. Muitos ficam prontos quando os times visitantes já estão viajando, até mesmo horas antes das partidas. Ou seja, não há tempo para realização da contraprova. Um dos exemplos é o caso do lateral-esquerdo Júnior, do Santa Cruz, que estava relacionado para a partida contra o Paysandu e precisou ser cortado após o resultado positivo do exame.

Além disso, ao analisar as formas de proteção, não se tem pensado que muitos desses clubes, por logística, precisam atravessar vários estados até chegar ao destino do jogo. A Série D, que começa somente em setembro, tem 60 times que fazem parte das cinco regiões do Brasil. É complicado e arriscado.

Entendo que muitos precisam da verba das partidas para cumprir com a folha de pagamento, mas seu retorno é prematuro, antes as vidas. Antes a calma em pensar que nada está sob controle. Ainda há muito o que planejar e que sim, a volta do campeonato nacional atrai alguns riscos.

Foto de destaque: Fernando Torres/CBF

Um comentário sobre “O risco que se corre com a volta do campeonato nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s