A superioridade gremista em Gre-Nais desde 2018

Uns dos maiores clássicos do Brasil, o Grenal, vem tendo superioridade gremista desde setembro de 2018, quando o Internacional venceu a última vez o confronto. Desde então, a equipe tricolor não perde, e já soma uma invencibilidade de nove jogos sem perder do rival, além de ter tomado somente um gol do adversário (marcado pelo zagueiro Paulo Miranda, contra, no Brasileirão do ano passado)

Logo após a vitória do Grêmio no clássico 426 da última quarta-feira (5), a torcida do Internacional invadiu as redes sociais do clube e entre as reações pediam para o time respeitar a camisa que vestiam. Isso tudo por conta de uma invencibilidade gremista em Grenais.  A última vitória Colorada foi no segundo turno do Brasileirão de 2018, gol do Edenílson, depois disso o Tricolor nunca mais perdeu e mais nenhum outro jogador colorado balançou as redes nos confrontos posteriores.

Além de um confronto histórico pela Libertadores deste ano, as equipes duelaram pelo Gauchão e Brasileirão. Teve jogo no Beira-Rio, na Arena e também no Centenário. Foram cinco vitórias (duas por 2 a 0 e três por 1 a 0) e quatro empates (um por 1 a 1 e outros três por 0 a 0). Houve disputa pelo título gaúcho de 2019, pelo segundo turno do Gauchão, pelos pontos corridos e pela fase de grupos da Libertadores. 

Nesse período, o Grêmio marcou nove gols e sofreu apenas um (contra de Paulo Miranda), ninguém marcou mais de um gol. Todos os “artilheiros” da invencibilidade têm apenas um tento no clássico. Do primeiro ao último, marcaram: Leonardo Gomes, Luan, Pedro Geromel, Rômulo, Diego Souza, Jean Pyerre, Maicon e Isaque. 

Nessas quase três temporadas, o técnico Renato Portaluppi enfrentou três treinadores diferentes no adversário. Odair Hellmann, Zé Ricardo e Eduardo Coudet amargaram derrotas e não conseguiram superar o Tricolor. O comandante da casamata gremista usou dois esquemas diferentes nesses nove jogos: 4-2-3-1, com dois volantes e um meia, e com três volantes e sem um meia de criação. Foram 37 jogadores diferentes utilizados, com as estreias de Orejuela e Isaque na última partida.

Os últimos clássicos também ficaram marcados por polêmicas e confusões entre as duas equipes. O Grêmio tomou na sequência de invencibilidade 23 cartões amarelos, uma média de 2,55 cartões por partida. O Tricolor conseguiu passar o ano de 2019 sem expulsões nos confrontos contra o Inter, mas em 2020 são quatro partidas e cinco expulsões, quatro delas na partida da Libertadores, quando Luciano, Caio Henrique, Pepê e Paulo Miranda tomaram cartão vermelho. A outra ficou a cargo de Orejuela no Gre-Nal 426, por briga com Patrick, após o segundo gol do time.

Os nove jogos de invencibilidade

Gre-Nal 418 – 17/03/2019 – Arena – Gauchão
Grêmio 1×0 Inter – Leonardo Gomes

Gre-Nal 419 – 14/04/2019 – Beira-Rio – Gauchão
Inter 0x0 Grêmio

Gre-Nal 420 – 17/04/2019 – Arena – Gauchão
Grêmio 0x0 Inter 

Gre-Nal 421 – 20/07/2019 – Beira-Rio – Brasileirão
Inter 1×1 Grêmio – Paulo Miranda (contra) e Luan

Gre-Nal 422 – 03/11/2019 – Arena – Brasileirão
Grêmio 2×0 Inter – Geromel e Rômulo

Gre-Nal 423 – 15/02/2020 – Beira-Rio – Gauchão
Inter 0x1 Grêmio – Diego Souza

Gre-Nal 424 – 15/03/2020 – Arena – Libertadores
Grêmio 0x0 Inter 

Gre-Nal 425 – 22/03/2020 – Centenário – Gauchão
Inter 0x1 Grêmio – Jean Pyerre

Gre-Nal 426 – 05/08/2020 – Arena – Gauchão
Grêmio 2×0 Inter – Maicon e Isaque

Foto de destaque: Lucas Uebel/ Grêmio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s