Equipes de futebol feminino enfrentam dificuldades em meio a pandemia do coronavírus

Após a paralisação das competições, as dificuldades dos times foram agravadas e alguns times chegaram a lançar vaquinhas online para auxiliar a categoria

Na última semana, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu as datas para a volta de algumas competições. O retorno do Campeonato Brasileiro feminino acontecerá em breve. A Série A1 será retomada no dia 26 de agosto e a Série A2, em 18 de outubro e algumas equipes estão encontrando muitas dificuldades para sobreviverem em meio a um cenário de pandemia.

As competições estão paralisadas desde março, enquanto isso a maioria dos times femininos vem tentando se equilibrar em uma corda bamba. No mês de abril, a CBF chegou a adotar medidas de apoio financeiro aos clubes e federações. A ajuda foi importante, mas não impediu a ocorrência de dificuldades.

As jogadoras do Corinthians, atual campeão da Copa Libertadores e do Paulistão, estão com os direitos de imagem atrasados, desde o começo da pandemia do novo coronavírus. Até então, o clube era uma das maiores referências da categoria, principalmente se tratando de planejamento.

Recentemente, o clube paulista lançou a campanha #FortaleceAsMinas. Para que a torcida possa ajudar o time feminino, basta cadastrar o cartão de crédito em um site promovido pelo time. A cada compra realizada com o cartão, um valor de até R$ 0,99 será arredondado e destinado à equipe. A quantia mínima mensal para a colaboração, é de R$ 5,00.

O Vitória também passa por dificuldades. O time baiano recebeu um auxílio de R$ 120 mil da Confederação, mas não repassou o dinheiro para o futebol feminino. No último mês, algumas atletas chegaram a denunciar a situação de descaso para a ‘Rádio Sociedade’.

A fim de arrecadar recursos para a categoria e as jogadoras, um grupo de torcedores criaram um vaquinha online.

No início de julho, em entrevista para o ‘GloboEsporte.com’, o diretor de futebol do Iranduba, Lauro Tentardini, alegou que as jogadoras estão com quatro meses de salários atrasados.

Desde o último ano, o clube não vem recebendo dinheiro do patrocinador master, VeganNation. Em junho, o clube lançou uma vaquinha online para ajudar o futebol feminino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s