Palmeiras discute possível novo corte salarial

Baseada em estudos financeiros que a pandemia deverá causar, a ideia é uma decisão mais técnica

A diretoria do Palmeiras discute com o elenco um possível corte, ainda maior, do salário. Há dois meses, como muitos clubes fizeram para suprir a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o time alviverde acertou a redução salarial de 25% além da postergação do pagamento de imagem.

Mesmo com o retorno dos jogadores as atividades presenciais, o Campeonato Paulista ainda não tem data para voltar. A ideia é que essa nova redução seja feita neste mês de julho. Nesses últimos dois meses, além dos salários dos jogadores, também foram reduzidos os salários de dois dirigentes e do treinador Vanderlei Luxemburgo.

O direito de imagem será repassado somente no ano que vem e o novo plano é que o primeiro mês seja pago em parcelas, diluído durante o segundo semestre deste ano.

De acordo com apuração do UOL Esporte, o clube vai usar a mesma estratégia da primeira negociação: mostrar aos jogadores uma situação real do que está acontecendo. E, para isso, o clube conta com os contatos dos jogadores para chegar a um acerto final, e também, para que não haja insatisfação no elenco, como aconteceu em outros clubes.  

Vale lembrar que em maio o Palmeiras suspendeu temporariamente o contrato com alguns funcionários e colaboradores, e que ainda conta com a chegada de Deyverson, emprestado pelo Getafe e a possível saída do atacante Dudu ao Al Duhail, do Catar.

Foto de destaque: Fernando Vidotto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s