COVID-19: a manutenção dos estádios de futebol

Muitos dos estádios de futebol durante a pandemia estão servindo de hospitais, mas e o restante, como anda a manutenção?

O futebol, por mais que muitos queiram, ainda não voltou no Brasil. Ao contrário de outros países que já conseguiram, mesmo sem torcida presente, fazer algumas partidas oficiais.

Durante o momento que estamos passando, alguns estádios pelo Brasil a fora resolveram adaptar as instalações para o uso hospitalar, devido ao grande números de vítimas no país. Pacaembu em São Paulo e Presidente Vargas no Ceará, são alguns desses exemplos. Mas, ainda tem estádios que estão completamente sem uso há mais de 2 meses.

Ao contrário de muitas empresas em tempos de pandemia, uma manutenção de estádio não se encaixa no quadro de trabalho em Home Office, por exemplo. Exige um grande número de pessoas em áreas distintas para conseguir realizar as revisões dentro do estádio.

O gramado por exemplo, é um dos fatores de grande preocupação entre os dirigentes. Normalmente, após os jogos existe um certo cuidado com o gramado para mantê-lo em condições para a próxima partida, são cuidados mínimos, mas necessários. Os maiores reparos, geralmente são feitos ao término do Campeonato Brasileiro, em dezembro. Estruturas, pinturas e reformas, são algumas das tarefas que são realizadas para garantir condições ideais para a temporada seguinte.

Como estamos sem ver a bola rolar, alguns times estão tentando manter seus estádios em perfeito estado, mesmo sem jogos. O Grêmio por exemplo, está aproveitando esse período para fazer a troca do gramado. A novidade da vez é uma espécie de plantio, chamada grama de inverno.

Foto: ARENA/DIVULGAÇÃO

Alguns estádios da Paraíba também passam por manutenção durante a Pandemia, Almeidão em João Pessoa e Amigão em Campina Grande estão entre eles. O objetivo é que quando a Campeonato Paraibano volte, o gramado esteja um verdadeiro ‘tapete’, em ótima qualidade.

O gerente executivo da Sejel (Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer) do governo da Paraíba, afirma que as manutenções estão acontecendo, mas que os jogos serão realizados apenas a partir da liberação das autoridades da saúde pública.

Não é hora da volta do futebol, sabemos disso, mas é importante salientar o que está sendo feito dentro e fora desses estádios e, claro, como seguem as medidas de segurança do país e seus respectivos estados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s