A retomada do futebol não deveria acontecer, não agora

Com a retomada de alguns campeonatos ao redor do mundo, algumas regras foram impostas, mas na prática não fazem a menor diferença

Com o retorno dos Campeonatos Sul-Coreanos e da Bundesliga, notamos que alguns protocolos vêm sendo utilizados para diminuir o risco de transmissão do novo coronavírus. Se você acompanhou algum dos jogos transmitidos, observou que após o gol a comemoração foi feita de forma individual, e isso tem acontecido também em diversos momentos dos treinos, por exemplo.

A proibição do contato físico como abraços, beijos e apertos de mão tem sido vista de maneira geral ameaçadora até mesmo fora da modalidade. Algo que era muito comum, pelo menos entre os brasileiros, tem sido cada vez mais evitado. 

É compreensível que muitos sentem a falta das atividades cotidianas, do esporte, do futebol. Mas é necessário entender que é um momento em que precisamos tomar todo cuidado possível. É nítido que se você perguntar a um jogador se ele quer voltar a jogar a resposta vai ser positiva, afinal é a profissão dele, a paixão. Todos querem retomar logo suas atividades, e isso traz à tona a questão econômica.

Se pararmos para analisar é um caminho quase sem volta. Se os clubes retomarem as atividades, outros esportes irão fazer o mesmo, assim como todas as atividades, pois elucida que tudo voltou ao normal, mas não voltou. 

De que adianta voltar aos treinos com jogadores distantes uns dos outros, comemorações individuais, evitar cumprimentos e barrar a torcida, se durante a partida o contato com o outro jogador é inevitável? Já imaginou como seria marcar o atacante do time adversário sem tentar se aproximar? E no escanteio ou cobrança de falta, como seria? Você prefere correr risco de tomar gol ou de ser infectado? Sinceramente, não faz sentido ou diferença retomar o futebol desse jeito.

No Brasil, o Flamengo iniciou suas atividades no Ninho do Urubu após os presidentes dos clubes cariocas se reunirem com o presidente da república para discutir o retorno da modalidade. O clube ainda divulgou em nota oficial que todos funcionários, atleta e integrantes da comissão técnica testaram negativo para a COVID-19, e realizam procedimentos de higiene e distanciamento. 

O atual campeão brasileiro, está indo na contramão de muitos clubes. Como dito antes, sabemos que todos sentem falta do futebol, inclusive os jogadores, mas agora não é o momento de arriscar a vida, o futebol não é o mais importante agora.

Foto: Reuters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s