Coritiba: Um dos primeiros clubes brasileiros a aceitar negros em sua equipe

O fato do Coritiba ser um clube de origem germânica e de classe média, faz com que muitas pessoas associem a não aceitação de negros nos primórdios do clube, mas é exatamente o contrário.

O Coritiba foi um dos primeiros clubes brasileiros a aceitar negros em sua equipe. Como por exemplo: Moacyr, Cuca, Lival e Laudelino, que jogaram no Coxa nas décadas de 20 e 30. O time paranaense começou a ser reconhecido como uma das grandes forças no futebol brasileiro nos anos 30.

Moacyr – o primeiro negro a vestir a camisa do Coritiba

O Campeonato Paranaense de 1931 ficou marcado na história, não só por tudo que ele representou para o clube, como também por ter quebrado a barreira do preconceito. Foi nesse ano, que Moacir Gonçalves foi contratado como técnico da equipe principal do Coritiba Foot Ball Club e por insistência do presidente do clube, o militar e político Major Antônio Couto Pereira, também inscreveu-se como jogador. Na decisão da primeira fase, a fase local com clubes de Curitiba, o jogo final foi entre o Coritiba e o seu antigo clube, o Palestra Itália, realizado no dia 17 de janeiro de 1932.

Decisivo

O Coritiba estava apenas a um ponto do Palestra (o campeonato era por pontos corridos) e o último jogo era entre as duas equipes. Os clubes apontados como favoritos para o título eram justamente o Coxa e o Palestra Itália. Neste jogo, Príncipe, como era conhecido Moacyr, escalou-se para jogar o 2° tempo da partida, pois ao final do 1° tempo, o Palestra ganhava de 3×1. No retorno do intervalo, vestiu a camisa, colocou a braçadeira de capitão e entrou no jogo. Este fato entrou para a história do clube, sendo o primeiro negro a vestir a camisa do Coritiba. O Alviverde curitibano ganhou a partida por 5×4, foi campeão da liga e disputou a final do campeonato com o Guarani Sport Club, tornando-se Campeão Paranaense de 1931 (as finais foram nos primeiros meses de 1932).

“Foi a maior festa registrada em Curitiba até aquele dia. As palhetas (chapéus) voavam pelo ar, os torcedores se confraternizavam e carregavam os jogadores em triunfo. Na cidade, nunca se vira comemoração igual!”

Nota: Não há registros fotográficos do treinador e jogador Moacyr Gonçalves no Coritiba, nem na internet e nem no site oficial do clube.

Coritiba Campeão Paranaense 1931 – Foto: Coritiba Football Clube

2 comentários sobre “Coritiba: Um dos primeiros clubes brasileiros a aceitar negros em sua equipe

    1. O termo “eugenia” que consta no hino de 1928 é termo usado muito antes da conotação que foi dada pelo nazismo. “Eugenia” nessa época significava simplesmente “autodireção da evolução humana”. Era um conceito científico-social que acreditava que o indivíduo tem a capacidade de autodeterminação para sua evolução. Em 1942, os Estados Unidos estavam em guerra contra a Alemanha e suas ideologias, desenhos animados — e outros recursos de comunicação de massa — eram usados como propaganda contra o regime totalitário. Nesse contexto, eugenia e nazismo são equiparados. Após os horrores do holocausto, o termo eugenia caiu completamente em desuso. Ainda em 1930 seus métodos estatísticos foram incorporados na teoria Darwiniana e sintetizados com a genética mendeliana (Gregor Mendel, pai da genética).
      Contrariamente a uma crença popular, a eugenia é inglesa (e não alemã) em invenção e estadunidense (e não alemã) em pioneirismo legislativo.
      Depois da guerra, o hino que mencionava “eugenia” nunca mais foi usado, mesmo que tenha sido escrito anterior à tomada do poder pelos nazistas.
      Um grande abraço e saúde a todos!

      Curtir

Deixe uma resposta para Jefferson Ramos Brandão Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s