Novidades na convocação de Tite para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

Everton Ribeiro, Gabigol, Bruno Henrique e Bruno Guimarães são os principais destaques

Na manhã desta sexta-feira (6), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), localizada no Rio de Janeiro, o técnico da Seleção Brasileira, Tite, convocou os jogadores para os primeiros jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que acontecerão entre 27 e 31 de março, contra Bolívia e Peru. A lista de convocados conta com:

Goleiros: Ederson (Manchester City), Ivan (Ponte Preta) e Weverton (Palmeiras).

Zagueiros: Marquinhos e Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Felipe (Atlético de Madrid).

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo e Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Fabinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Flamengo), Bruno Guimarães (Lyon) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique).

Atacantes: Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool), Richarlison (Everton), Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City) e Everton (Grêmio).

Foto: Reprodução/CBF

As novidades

Uma ausência que teve que ser explicada por Tite no começo da coletiva foi a do goleiro Alisson, que se machucou durante o jogo de terça-feira contra o Chelsea na Copa da Inglaterra. No seu lugar, o goleiro Ivan, da Ponte Preta, subiu da Seleção Olímpica para a principal.

Outras novidades são Everton Ribeiro, que vive grande fase no Flamengo, e Bruno Guimarães, que se adaptou bem e rápido ao estilo de jogo do Lyon e teve sua primeira convocação por Tite. Neymar também volta após não ser chamado para os últimos jogos da Seleção, que aconteceram em novembro contra Coreia do Sul e Argentina.

Gabriel Jesus também faz parte da lista, mas, por conta da expulsão na final da Copa América de 2019, o atacante do Manchester City perde o primeiro jogo e fica à disposição para o confronto contra o Peru. Por conta disso, a lista tem 24 jogadores, não 23 como usual.

As polêmicas

Ao ser divulgada a lista, algumas escolhas de Tite foram questionáveis, principalmente visando a renovação de jogadores para o novo ciclo de competições. A principal delas foi a ausência de Gerson, volante do Flamengo. No começo do ano, o jogador de 22 anos decidiu recusar a convocação para o Torneio Pré-Olímpico por conta do desgaste ao final da temporada. Por conta da transferência da Fiorentina em julho de 2019, Gerson estava há mais de um ano sem férias.

Na época do Pré-Olímpico, Juninho Paulista, que é coordenador da Seleção, disse em entrevista que tudo é levado em conta, não só o aspecto técnico, mas comprometimento, disponibilidade e foco.

Além da ausência, a presença de jogadores que sempre aparecem na lista, como Philippe Coutinho, Daniel Alves e Thiago Silva, foram bastante criticadas nas redes sociais, porque sempre são chamados por Tite. No caso de Thiago Silva e Daniel Alves, o motivo das reclamações é a idade mais avançada e no de Coutinho, porque o jogador não vive a melhor fase de sua carreira no Bayern de Munique, começando alguns jogos até no banco.

Desde a Copa do Mundo da Rússia, foram 22 jogos: 14 vitórias, seis empates e duas derrotas. Essa temporada, além das Eliminatórias para a Copa do Mundo, temos a Copa América, em julho. No caso da competição no meio do ano, se o Campeonato Brasileiro continuar sendo disputado, os jogadores de clubes do país podem desfalcar seus times em até 10 rodadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s