Arábia Saudita anuncia Liga feminina de futebol

“O lançamento da Liga reforça a participação das mulheres no esporte e vai gerar um reconhecimento crescente das conquistas femininas no esporte”, disse a Federação em um comunicado

Uma das coisas que mais sabemos sobre os países árabes é que estes são extremamente conservadores e possuem muitas restrições, principalmente ao se tratar das mulheres. A cultura destes é ainda mais rígida para com o sexo feminino e seus direitos que são quase inexistentes.

Tratando-se de esporte, é uma raridade que elas participem tanto como atletas quanto como espectadoras. Nestes países, as mulheres precisam de permissão dos homens da sua família para fazerem coisas  como trabalhar, estudar, ir ao médico e ter um relacionamento. Contudo, enquanto uns ainda querem ficar nos costumes antigos e, infelizmente, nada bons, outros estão saindo da bolha e abrindo-se para a nossa realidade: estamos falando da Arábia Saudita.

Tudo começou em 2012, quando o país passou a permitir atletas femininas, tendo sua estreia nas Olimpíadas de Londres, com a judoca Wodjan Shaherkani.

Seis anos mais tarde, em 2018, a Copa do Mundo de Futebol Feminino ainda seria realizada. Certamente, todos estávamos com grande expectativa, parecia que alguma coisa seria diferente após o evento. Foi então que tivemos a primeira surpresa de muitas que viriam, uma grande e maravilhosa notícia: a Arábia Saudita passaria a permitir que as mulheres frequentem um estádio.

Mulher saudita torcendo pelo país em um jogo de futebol. Foto: Reprodução

Em 2019, o país passou a liberar a carteira de habilitação para as mulheres, tendo assim Reema Juffali como a primeira pilota. Foi também naquele ano que o grande evento do futebol feminino aconteceu. E, não à toa, foi o pontapé inicial para uma virada de placar a favor das mulheres que amam e vivem o esporte.

Falar da importância do último mundial nunca se tornará um clichê, pois a partir de então, o mundo abriu-se para abraçar o futebol feminino, e ainda estamos colhendo tais frutos.

O ano de 2020 é mais uma data para entrar na história das mulheres sauditas. Na semana  passada, mais um grande passo foi dado no mundo: a Federação de Futebol da Arábia Saudita (SAFF) anunciou a criação de uma liga feminina.

Com total apoio do príncipe Mohammed Bin Salman, que também é um grande incentivador do esporte no país, a competição terá primeiramente uma etapa regional. Em seguida, as equipes vencedoras serão reunidas para decidir o campeão nacional.

Conforme dito no comunicado oficial da SAFF, o objetivo é a participação das mulheres no esporte, de modo  que posteriormente possa ser efetivada a criação da seleção feminina para representar o país nas próximas edições do Mundial.

Com organização do governo, inicialmente serão destinados cerca de R$ 570 mil para premiações. Os jogos começam já este mês de março e as partidas serão disputadas em três cidades do país: Riad, Jeddah e Dammam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s