Especial região Sul: conheça o Campeonato Paranaense

O estadual acontece há mais de 100 anos e já teve 19 campeões diferentes

Por: Carol Corrêa e Letícia Mazzonetto

O Campeonato Paranaense tem sido disputado ininterruptamente desde a sua primeira edição, em 1915. Desde então, mais de 35 equipes participaram da competição e 19 delas conquistaram pelo menos um título. O troféu do estadual não ficou em Curitiba em apenas 11 edições, sendo o caso mais recente em 2015, quando o Operário Ferroviário, de Ponta Grossa, foi campeão.

Organizado pela Federação Paranaense de Futebol (FPF), o torneio já teve diversos formatos. Na edição 1980, o título foi dividido entre um clube do interior e outro da capital. Já em 2002, os principais times disputaram um torneio posterior, o Supercampeonato Paranaense de Futebol, também sendo considerados um campeão do interior e outro da capital.

Durante duas temporadas, o campeonato aconteceu em duas taças, que levavam o nome de grandes paranaenses do futebol. Porém, na edição atual, a competição voltou ao formato tradicional de grupos.

Foto: Reprodução/FPF

Onde tudo começou

Em 23 de maio de 1915, Internacional e América, que mais tarde se juntariam para formar o Athletico, se enfrentaram na primeira partida da história do Campeonato Paranaense. Mais de 33 mil pessoas se reuniram na Praça da Baixada do Água Verde, que hoje dá lugar à Arena da Baixada, para assistir ao jogo que terminou com a vitória do Internacional.

Além da multidão, marcaram presença nas arquibancadas autoridades militares e civis, como o presidente do Paraná (equivalente hoje ao governador), Carlos Cavalcanti, e o alcaide (prefeito) de Curitiba, Cândido de Abreu.

A Gazeta Esportiva conta como foi a reação do público ao verem o primeiro gol da história sendo marcado. Confira:

Chapéus foram arremessados aos céus, palmas ecoaram, senhoras ficaram envergonhadas pelo comportamento dos marmanjos, cavalos relincharam ao fundo e algumas pessoas não entenderam exatamente o significado de tudo aquilo”.

A partir desse jogo, 93 gols foram marcados em 23 jogos. Vencendo todos os seus dez adversários, o Internacional se consagrou campeão.

Campeões

Confira abaixo a lista de campeões do Campeonato Paranaense e o número de títulos:

  • Coritiba – 38;
  • Athletico – 25;
  • Ferroviário – 8;
  • Britânia e Paraná – 7;
  • Grêmio Maringá, Londrina e Palestra Itália – 3;
  • Pinheiros – 2;
  • América-Paraná, Água Verde, Cascavel, Colorado, Comercial, Internacional, Iraty, Monte Alegre, Operário Ferroviário e Paranavaí – 1.

Curiosidades

  • O Athletico, atual bicampeão, já foi tricampeão da competição. Além do título atual, foi bicampeão em mais três oportunidades;
  • O Coritiba já foi hexacampeão (uma vez), tetracampeão (uma vez), e oito vezes bicampeão do campeonato;
  • O Paraná Clube conquistou o pentacampeonato na década de 90 e nunca foi bicampeão;
  • O maior artilheiro da história do Paranaense foi Duílio, do Coritiba, que marcou 31 gols na edição de 1960;
  • A maior goleada aconteceu em 1931, quando o Palestra Itália venceu a equipe da Associação Sportiva Paranaense por 16 a 0.

O atual campeonato

O Campeonato Paranaense conta com sua 106º versão. Mudando seu formato novamente, o estadual deste ano está diferente dos dois anos anteriores. Os 12 times se enfrentam em turno único. Os oito melhores avançam para as quartas de final. Além do título de campeão, a competição dará três vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro.

O regulamento

Primeira fase: os clubes se enfrentam em turno único, com seis mandos de campo para os classificados de primeiro a sexto lugares (Athletico, Toledo, Coritiba, Londrina, Operário-PR e Paraná) na classificação geral da temporada anterior e cinco mandos para os demais clubes (FC Cascavel, Rio Branco-PR, Cascavel CR, Cianorte, União Beltrão e PSTC). Classificam-se para o mata-mata os oito melhores clubes.

Rebaixamento: os dois clubes que somarem o menor número de pontos na primeira fase (11º e 12º colocados) caem de divisão.

Quartas de final: os confrontos serão definidos de acordo com a classificação na primeira fase. O primeiro pega o oitavo, o segundo pega o sétimo, o terceiro pega o sexto e o quarto pega o quinto.

Semifinal: o classificado de primeiro x oitavo pega quem passar de quarto x quinto. E o classificado de segundo x sétimo pega quem passar de terceiro x sexto. Serão jogos de ida e volta.

Final: os dois clubes classificados jogarão a final em ida e volta.

Porém, nos dois anos anteriores (2018/2019), a disputa do Campeonato Paranaense era outra: 12 equipes divididas em dois grupos. No primeito turno, os times enfrentaram as equipes da outra chave, com os dois melhores de cada grupo fazendo a semifinal em jogo único dentro do próprio grupo. No segundo turno, o cenário se inverteu: os times jogaram dentro da chave e fizeram semifinal contra os adversários do outro grupo.

Os campeões de cada turno se enfrentaram na decisão, com jogo de ida e volta, decidindo em casa a equipe que teve a melhor campanha. Caso o time ganhasse os dois turnos, seria declarado campeão, sem necessidade de uma finalíssima.

A grande novidade nesses dois anos foi os craques homenageados. Em 2018, o primeiro turno foi chamado de Taça Dionísio Filho, e o segundo, Taça Caio Junior. Já no ano passado, o primeiro turno é a Taça Barcímio Sicupira, e o segundo, Taça Dirceu Krüger, trazendo o Athletico Paranaense como campeão da competição.

Foto: Reprodução/Folha Do Litoral News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s