Fair play financeiro: veja como funciona

Existem vários termos dentro do futebol, alguns a gente compreende de tanto pesquisar e ouvir falar sobre, mas existem outros que são um pouco mais complexos de se entender. Fair play financeiro é um deles. Você sabe, de fato, o que isso quer dizer?

Na última sexta-feira (14), o time inglês Manchester City, foi banido por duas temporadas sem poder participar do principal campeonato europeu: a Champions League, além de uma multa de 30 milhões de euros (R$ 140 milhões de reais). Motivo? A quebra de regras do fair play financeiro.

Segundo a União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), o fair play financeiro “busca melhorar a saúde financeira global dentro do futebol europeu de clubes”.

Segundo a UEFA, a punição se deu ao fato do time apresentar maquiagem nas receitas de patrocínio para justificar seu orçamento para compra de jogadores, além de diversas outras informações financeiras.

O fair play financeiro, esse termo que sempre ouvimos falar, mas que não damos tanto ouvidos, surgiu na Alemanha em 1962. Com objetivo de criar normas para que os clubes conseguissem manter pagamentos em dias. Seja de atletas ou até impostos.

reprodução: Google

No Brasil, esse processo se tornou pauta em 2019. Reuniões e mais reuniões entre os representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) eram constantes para se falar sobre esse assunto. Em agosto de 2019, ficou decidido uma criação de normas para um tipo de fair play financeiro, algo inédito no país e pensado para longo prazo.

O diretor de registros e transferência da CBF, Reynaldo Buzzoni, destacou o seguinte:

“O resultado do trabalho é um documento robusto, que será a base do trabalho nos próximos anos. O Fair Play Financeiro é um ponto fundamental para a evolução do futebol brasileiro e crucial para o licenciamento dos clubes. Será um processo gradual, com informação, orientação e, posteriormente, punições.”

É um assunto complexo e bem difícil de as opiniões de todos coincidirem. Alguns acham que com essas normas, o nível do futebol brasileiro pode se igualar entre os times e assim ter um campeonato bem mais elevado, no quesito bom futebol. Outros acham que é injustiça com os clubes que conseguiram se restabelecer após muito tempo sem o apoio da confederação ou com essas normas criadas. São opiniões que valem o questionamento. E você, de qual lado fica nesta história?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s