Corinthians dá grande passo e profissionaliza o elenco principal do futebol feminino

Em um momento de grande ascensão e consolidação do futebol feminino no Brasil, o Corinthians profissionalizou todo o elenco para a temporada de 2020. Agora, todas as jogadoras da equipe principal serão registradas em carteira.

A profissionalização já é idealizada desde 2016, quando o Timão retomou todos os seus projetos para o futebol feminino. Com essa novidade, as atletas receberão parte dos seus vencimentos na carteira de trabalho, dando garantias e benefícios do regime CLT.

O presidente do clube, Andrés Sanchez, destacou que o Corinthians destinou um bom investimento à categoria e teve um grande retorno dentro e fora de campo. Para ele, a profissionalização reflete a evolução e o alto nível da equipe.

O Corinthians sempre esteve na vanguarda no futebol feminino e este é um passo importante na conquista dos direitos trabalhistas, mostrando que respeita as minas por aqui é prática e não conversa fiada”, declarou Andrés.

Cristiane Gambaré, diretora de futebol feminino do Corinthians, exaltou o movimento do Corinthians de seguir avançando para o desenvolvimento do futebol feminino. “Não temos mais como recuar. Nesse sentido, a profissionalização de nosso elenco é de suma importância e um avanço de peso dentro do Corinthians e da modalidade”, disse Cristiane.

Além deles, o treinador Arthur Elias também celebrou este grande passo dado e exaltou a participação de todo o clube na execução da iniciativa. “A profissionalização é um novo passo muito importante dentro do desenvolvimento do futebol feminino. É mais uma importante medida do Corinthians, dentro de um projeto consolidado, que dará mais reconhecimento e oportunidades para nossas atletas”.

Multicampeão, o futebol feminino do Timão está sempre em busca de melhorar a estrutura para as jogadoras. Hoje, elas possuem academia de alto nível, realizam seus treinamentos no Centro de Treinamento das Categorias de Base e tem auxílios do departamento médico, fisioterapêutico, nutricional e psicológico. Também utilizam as instalações do CT Joaquim Grava na recuperação de lesões mais graves.

Foto: Alan Morici/FPF

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s