Revista Placar lança primeira edição especial sobre o futebol feminino

Com quase 50 anos de existência, uma das revistas esportivas mais importantes do Brasil produziu pela primeira vez uma edição dedicada inteiramente ao futebol feminino. A edição de novembro traz a craque Marta na capa e mais 66 páginas com matérias às jogadoras.

“Entendemos ser um ponto de partida e esperamos continuar dando espaço ao futebol feminino em 2020”, disse Rodolfo Rodrigues, editor da publicação.

“Há um tempo vínhamos pensando em dar um espaço ao futebol feminino. Queríamos ter feito isso antes, até em guias. Após a Copa do Mundo, isso ganhou força e decidimos dedicar uma edição inteira, até para dar uma dimensão maior. Não só uma matéria dentro de uma edição”, afirmou o editor da revista.

Parcerias

A revista Placar convidou portais especializados em futebol feminino para produzir algumas das reportagens, por se tratar de uma edição especial.

O Elas no Ataque, site dedicado ao futebol feminino, produziu a reportagem que elegeu as 10 melhores jogadoras brasileiras e as 10 melhores estrangeiras da atualidade.

Planeta Futebol Feminino colaborou com a matéria “Marta: a melhor da história”. O #JogaMiga produziu a publicação “O fenômeno no Mundial da França”, sobre a Copa do Mundo feminina disputada em 2019. Já o portal Jogadelasparticipou da reportagem “As soberanas”, que mostrou os motivos de Corinthians e Ferroviária terem sido finalistas do Brasileirão e da Libertadores em 2019.

Progresso na modalidade

O reconhecimento do futebol feminino, apesar de caminhar a passos lentos, vem crescendo na mídia tradicional. Mesmo assim, ainda há muito progresso a ser feito para que a modalidade seja mais respeitada.

Em São Paulo, a final do Campeonato Paulista Feminino lotou a Arena Corinthians e a transmissão na televisão liderou a audiência entre os canais de esporte. A partida entre Corinthians e São Paulo, que terminou com a vitória do Timão, recebeu 28.862 torcedores.

História

A revista Placar completa cinco décadas em 20 de março de 2020. Fundada pouco antes da Copa do Mundo de 1970, em que o Brasil se tornou tricampeão mundial, a primeira edição da revista, que trazia o Pelé na capa, vendeu quase 200 mil exemplares.

Não são poucos os fanáticos por futebol que colecionaram ou seguem guardando as edições da Placar. A Placar já teve frequência tanto semanal, quanto mensal. No início da década de 1990, produziu edições temáticas. Também já foi vendida por assinatura. Fato é que, de tanto relatar momentos históricos, a publicação fez e segue fazendo história. O Elas no Ataque agradece o convite para fazer parte da primeira edição totalmente dedicada ao futebol feminino e torce para que a modalidade siga sendo retratada nas páginas da Placar. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s