De olho na temporada 2020, CBF estuda fazer alterações no VAR

Foto: Renato Pizzutto/ BP Filmes

Segundo o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Leonardo Gaciba, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), analisa a possibilidade de divulgar os áudios entre o árbitro de campo e arbitro de vídeo na próxima temporada do Campeonato Brasileiro.

O VAR (Árbitro Assistente de Vídeo), é um equipamento formado por câmeras que transmitem imagens do jogo por vários ângulos para uma sala fora das quatro linhas. As solicitações podem ser realizadas pelo juiz de campo, caso hajam dúvidas na jogada, ou através dos assistentes de vídeo.

Se solicitados, os auxiliares reproduzem imagens e repassam conclusões para o árbitro, que toma a decisão. O VAR pode revisar casos de gols, pênaltis, cartões vermelhos e erro de identidade de atletas.

Neste ano todos jogos da competição tiveram o uso do VAR. Diferentes clubes já reclamaram da utilização do equipamento. As equipes só conseguem ter acesso à gravação das conversas sobre lances duvidosos se encaminharem representantes a confederação.

“Sim. Pensamos sim em trazer o áudio. O presidente Rogério Caboclo já tá estudando. No início do ano que vem nós estamos pensando em evoluir. Estamos estudando essa divulgação ao público de alguns áudios, não todos. A gente vai pedir essa permissão à International Board, se todos, não todos, alguns deles vamos mostrar. Acima de tudo a gente quer dar transparência para o árbitro de vídeo, mostrar a transparência com que o processo é feito”, afirmou Gaciba após sua participação durante audiência que debateu o uso do VAR.

O estudante Amaury Albuquerque, 21, é a favor do uso da tecnologia, mas segundo ele, “se o VAR brasileiro tivesse a mesma credibilidade e competência do europeu, iria ajudar mais o futebol nacional. A agilidade e eficiência de fora nem se compara com a daqui”.

Para o estudante Moisés Ferreira, 22, o uso do equipamento é aceitável, mas é necessário que haja uma melhoria na execução. “A tecnologia ainda tá muito básica para esse tipo de decisão. Deveria ser mais avançada, com mais transparência e capacitação dos profissionais.”

O assunto causa polêmica, mas falar sobre ele é essencial tendo em vista o desenvolvimento da função. A solução se baseia no aprimoramento do serviço, criando um padrão nos critérios de análise, para que nenhum clube possa ser prejudicado.

Um comentário sobre “De olho na temporada 2020, CBF estuda fazer alterações no VAR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s