Rapinoe critica multas por racismo no futebol: ‘uma piada’

Megan Rapinoe criticou as multas dadas pela Fifa em casos de racismo. O preconceito racial aumentou consideravelmente nos estádios nessa temporada em diversos países europeus. Segundo ela, essas punições seriam “ridículas”.

“Uma multa de 65 mil libras é uma piada, as multas por racismo no esporte são ridículas. Para mim deve ser uma medida extrema, que cause danos à equipe e à federação”, disse a jogadora.
No último domingo, Taison foi vítima de racismo. O jogador foi ofendido pela torcida do Dynamo de Kiev, em um clássico contra o Shakhtar Donestsk e, quando reagiu ao racismo, foi expulso pelo juiz.

Além da luta contra o racismo, Rapinoe e de suas companheiras de seleção também apoiam a causa da igualdade entre homens e mulheres no futebol. Elas entraram com um processo contra a federação Norte-Americana por discriminação de gênero na compensação entre atletas homens e mulheres. A luta por pagamento igual segue e recebeu mais atenção após o Mundial na França, quando sua seleção foi a piada pela torcida que cantava “igualdade de pagamento”.

Rapinoe em entrevista para a BBC, reforçou sua palavra:

“Especialmente quando se trata de esporte, existe uma grande falta de investimento há muito tempo, então qualquer comparação direta com os esportes e ligas masculinas é completamente injusta”, disse a jogadora.

Foto: Reprodução/OGlobo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s