Bicampeã: Ferroviária vence o Corinthians nos pênaltis e conquista o 2º título no Campeonato Brasileiro Feminino

A goleira Luciana se destacou na partida, defendeu as cobranças das adversárias e garantiu a vitória da equipe Ferrinha


Lucas Figueiredo CBF. 2
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Depois do empate em 1 a 1 no jogo de ida, Corinthians e Ferroviária se enfrentaram hoje, no Parque São Jorge. Ambas as equipes em busca do segundo título histórico no Campeonato Brasileiro Feminino, com o público maior que seis mil pessoas. 

Durante os 90 minutos da final deste domingo, o Timão pressionou a Locomotiva, que se manteve o tempo todo no campo de defesa, jogando nos erros das adversárias e com menos posse de bola. As jogadoras do técnico alvinegro, Arthur Elias, tiveram mais chances de abrir o placar, mas não foram felizes nas finalizações. 

No segundo tempo, a Ferrinha voltou melhor taticamente e com mais atenção. Porém, apesar do jogo ter sido mais equilibrado e com grande volume de boas jogadas, a equipe não levou perigo ao gol do Timão e manteve empate com sua linha de defesa e marcação forte até os pênaltis.

Na cobrança das penalidades máximas, o Corinthians acertou as duas primeiras, teve a terceira defendida e a quarta chutada para fora por Ingryd. Já a Ferroviária acertou os quatro chutes na rede e conquistou o título fora de casa.   

A vitória por 4 a 2 da equipe grená também foi mérito da goleira Luciana. A jogadora, além de ter feito ótimas defesas no tempo regulamentar, segurou o título do time nos pênaltis e ergueu a taça do Brasileirão Feminino de 2019. 

Bruno Teixeira_Ag.Corinthians
Foto: Bruno Teixeira/Agência Corinthians

É a segunda vez que a Associação Ferroviária de Esportes conquista o torneio, desde a sua fundação em 2013, e faz história na modalidade feminina. O primeiro título foi em 2014, em sua melhor campanha, contra o Avaí/Kindermann de Santa Catarina, e agora a taça vai novamente para a equipe de Araraquara.