Clássico arruma ou termina de derrubar a casa?

Monterrey e Tigres se enfrentam em clássico regiomontano com o objetivo de recuperar o bom futebol ainda nesta temporada

Neste sábado (28), teremos mais um confronto entre as equipes regias, pela jornada 12 da Liga Mexicana. Um duelo entre dois times que não se encontram em seu melhor momento.

O Tigres já soma oito jogos sem ganhar, enquanto o Monterrey possui apenas uma vitória nos últimos quatro jogos. Uma situação um pouco delicada para ambos os times que, no momento, buscam retomar o caminho das vitórias.

Entretanto, ao falar de clássico regiomontano, sabe-se que não existe equipe favorita. Nas circunstâncias atuais, pode-se dizer que o Monterrey é favorito por jogar em casa, mas isso não é o suficiente para definir o resultado, visto que clássicos devem ser tratados como jogos à parte, independentemente do momento vivenciado pelos clubes.

É um jogo em que a preparação tática e psicológica tende a ser ainda maiores, principalmente pela situação que as equipes se encontram atualmente. Além disso, existe o fator externo da pressão exercida pelos seus torcedores, que almejam a vitória acima de tudo.

Não há dúvidas de que será um jogo de igual para igual, onde duas equipes vão se empenhar o máximo possível ao jogar com bastante intensidade. Bom, isso é o que nós, torcedores, esperamos.

Ataque e defesa:

Nem o Tigres e nem o Monterrey podem se animar muito nesses dois pontos. O mais provável é que a equipe auriazul jogue com a posse de bola, como vem fazendo nos últimos jogos. Já o Monterrey deve tentar jogadas pelas laterais e no contra-ataque, dando a iniciativa a Tigres.

Dentre os ataques, o destaque vai para o Monterrey, que ocupa a 7º posição, com 17 gols marcados. O Tigres, com 13 gols, está na 9º posição. Em contrapartida, os felinos possuem 11 gols sofridos contra 16 dos Rayados. Vale ressaltar que o Monterrey possui um jogo a mais que o Tigres.

Goleadores:

O goleador desta temporada é Julio Furch, do Santos, com oito gols. Nas equipes regias, o Monterrey possui cinco bolas na rede com o atacante Funes Mori. No Tigres, o jogador que mais marcou foi o francês André Pierre-Gignac, com quatro gols. 

Durante a partida, caso Gignac balance a rede uma única vez, poderá se igualar aos jogadores Walter Gaitán e Claudio Núñez, como máximos goleadores de clássicos régios para o Tigres.

Desfalques:

Os auriazules não poderão contar com o meio-campista Luis Quiñones, que se lesionou em um treinamento realizado pelo time felino. Quanto aos Rayados, terão baixas do meia Rodolfo Pizarro e do defensor Cesar Montes.

A verdade é que os dois times têm a obrigação de sair com uma vitória do Clássico 123 para continuar subindo de posição na tabela. Principalmente o Tigres, pois chegou o momento de sair da inércia e reagir, porque clássicos todo mundo sabe… Ou arruma ou termina de derrubar a casa.

André Pierre Gignac
(Foto: Reprodução/Somos Invictos)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s