O preconceito ainda tão vivo no futebol italiano

No último domingo (22), o lateral-esquerdo brasileiro Dalbert, da Fiorentina, presenciou uma cena que está sendo cada vez mais recorrente no futebol italiano: os gritos preconceituosos da torcida adversária.

Não é a primeira vez que tratamos deste assunto por aqui. Quando Dalbert escutou-os, sinalizou ao árbitro, que imediatamente interrompeu o jogo, e o rádio do estádio Ennio Tardini chamou a atenção dos torcedores. A partida só retornou três minutos depois.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse ao programa italiano 90mo Minuto que lamenta o ocorrido. “O racismo se combate com educação, condenando, falando nele. Não se pode ter racismo na sociedade e no futebol”, declarou Infantino sobre como combater os atos.

Precisamos identificar os autores e expulsá-los dos estádios. É preciso, como na Inglaterra, a certeza da punição. Não devemos ter medo de condenar os racistas, devemos combatê-los até o fim”.

Uma semana antes, no entanto, outro caso também chamou atenção. O jornalista Luciano Passirani acabou demitido da emissora Telelombardia após comentar, no programa Top Calcio 24, que para parar Romelu Lukaku, atacante da Inter de Milão, a única forma é oferecendo uma banana.

Os gritos e ofensas não partem de somente uma torcida ou sequer tem um lado. O ex-técnico da Roma, Claudio Ranieri, já chegou a dizer que é uma parte pequena dos torcedores que anunciam os gritos, mas não é!

Há anos temos vários acontecimentos, em diferentes partidas e com diferentes reações. Os casos citados são recentes e alguns já têm interferência da nova regra imposta pela Fifa, para paralisação da partida caso haja qualquer tipo de ofensa vinda da torcida.

Em janeiro deste ano, o presidente do Serino, que joga a sexta divisão italiana, retirou a equipe de campo após o árbitro pedir para o goleiro da equipe calar a boca e chamá-lo de negro.

Então, vem a pergunta: para onde vamos se continuarmos agindo da mesma maneira?

Foto: Rede4News

Um comentário sobre “O preconceito ainda tão vivo no futebol italiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s