A má fase do Cruzeiro dentro e fora de campo

Que o futebol é uma verdadeira montanha russa ninguém tem dúvidas. Mas quem imaginaria que a equipe do Cruzeiro, que até abril estava há cinco meses sem nenhuma derrota, se encontraria dessa maneira no atual momento?

O então técnico Mano Menezes, responsável pelos bons resultados, pediu demissão, uma imensa crise financeira se instalou, a equipe foi eliminada das principais competições e hoje briga na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro.

O atual treinador Rogério Ceni afirmou, no último domingo (8), que alguns atletas precisam de uma pré-temporada para pegar ritmo de jogo, e que mudanças drásticas precisarão ser feitas, mesmo que o clube esteja em um momento delicado.

Em uma coletiva nesta terça-feira (10), o diretor de futebol do Cruzeiro, Marcelo Djian, relatou que teve uma reunião com Ceni e nela foi reforçado que o treinador pode fazer as mudanças necessárias no elenco. Djian afirmou também que nenhum atleta será afastado do clube.

Mas o que realmente chama atenção é a bronca da torcida com a gestão do time mineiro. Em busca de repostas e melhorias, ela realizou protestos no decorrer dos últimos dias, com faixas que estampavam frases bastante chamativas, inclusive com ameaças de morte.

Foto: Bhaz.com

Na manifestação da torcida organizada, que aconteceu na porta da sede do clube, no Barro Preto, os dizeres “ronda vai passar nos jogadores baladeiros e acomodados”; “devolvam o nosso Cruzeiro”; “o Cruzeiro vai sair dessa! Nem que tenha que morrer alguém” foram destaque.

Além disso, os torcedores presentes pediam para que as pessoas denunciem caso vejam algum jogador cruzeirense na balada. Os representantes da organizada prometeram a criação de um “disque denúncia” em breve.

Em relação aos salários atrasados, o presidente do clube declarou, durante a coletiva desta terça, que os jogadores estão conscientes do atraso. “Essa semana vamos quitar o resto de julho e estamos trabalhando para semana que vem quitar agosto. Sempre honramos os salários, então os jogadores não ficam preocupados. Não é o ideal, mas posso garantir que isso não está atrapalhando o rendimento”.

Porém, a pergunta que permanece no ar é a mesma: o que aconteceu com o Cruzeiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s