Boca Juniors profissionaliza o futebol feminino

Mais um grande clube argentino anunciou a profissionalização do futebol feminino: o Boca Juniors. Na última quinta-feira (8), atletas firmaram seus primeiros contratos profissionais com a equipe.

A categoria feminina na Argentina foi profissionalizada no início deste ano. Assim, as instituições estão viabilizando a formação de suas respectivas equipes, seguindo a exigência da Associação de Futebol da Argentina (AFA).

O primeiro Campeonato Argentino de Futebol Feminino Profissional começará em setembro, mas apenas quatro clubes já cumpriram com a condição da AFA. O primeiro a fazer foi o San Lorenzo, seguido do River, UAI Urquiz, e agora o Boca Juniors. Para obter o direito de participar, cada instituição deveria contratar no mínimo oito jogadoras.

O clube da Bombonera foi o que mais contratou dentre os quatro clubes, com 21 atletas. San Lorenzo e River Plate também foram além das oito contratações, ambos fechando com 15 atletas.

O feito está sendo comemorado no site oficial do Boca. Chamado de “Dia histórico”, a inclusão do futebol feminino está sendo motivo de orgulho. Confira a tradução de um trecho da matéria publicada:

Trata-se de um passo firme. Tão desejado como esperado. Um avanço que vinha se impulsionando ao calor do crescimento da modalidade, das mudanças culturais e que criará as bases para um desenvolvimento ainda maior da modalidade em nosso país. Um passo à frente no caminho de atingir a regularização dessas potências que se brilharam na última Copa do Mundo do França.”

As primeiras jogadoras a assinarem seus contratos profissionais foram as goleiras Abigail Chaves, Laurina Oliveros e Dulce Tortolo; as defensoras Julieta Cruz, Noelia Espíndola, Julieta Gergo, Cecilia Ghigo, Ludmina Manicler e Eliana Stábile; as meias Lorena Benítez, Camila Gómez Ares, Florencia Quiñones, Fabiana Vallejos e Constanza Vázquez; e as atacantes Micaela Cabrera, Clarisa Huber, Andrea Ojeda, Estefanía Palomar, Fanny Rodríguez, Yamila Rodríguez e Carolina Troncoso.

A exigência da AFA é mais um passo enorme para o crescimento do futebol feminino que, aos poucos, vai ganhando espaço.

Primeiras jogadoras profissionais do Boca Juniors — Foto: Twitter/Boca Juniors

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s