Vamos falar um pouco sobre o maior clássico do futebol

A quarta-feira começou até mais bonita. Afinal de contas, ver a seleção vencer é bom, e em cima dos hermanos não tem preço. Mas você sabe a história entre Brasil e Argentina? Hoje, o Rainhas trouxe um pouco sobre o maior clássico do futebol.

A rivalidade existe há anos. O primeiro confronto entre elas aconteceu em Buenos Aires, na Argentina, no dia 20 de setembro de 1914, em um amistoso em que os donos da casa venceram por 3 a 0. No entanto, o primeiro jogo oficial só aconteceu seis anos mais tarde, também em solo argentino, porém, desta vez, com vitória brasileira por 1 a 0.

De lá para cá, tivemos muitos jogos marcantes. Podemos usar como exemplo a primeira vez que se encontraram em uma Copa do Mundo: segunda fase do Mundial de 1974. Nessa partida, a seleção canarinho levou a melhor, com gols de Rivellino e Jairzinho, fechando o placar em 2 a 1.

Somente na quarta vez que se enfrentaram em Copas do Mundo, em 1990, na Itália, que a Argentina levou a melhor e venceu a partida das oitavas de final por 1 a 0, com gol de Caniggia. Eles foram os vice-campeões, derrotados pela Alemanha.

Reprodução: El País

Na Copa América de 1993, pelas quartas de final, os hermanos avançaram nos pênaltis, quando Goycochea defendeu a cobrança de Boiadeiro. Naquela oportunidade, os alvicelestes chegaram até a decisão e conquistaram o seu último título oficial.

Novamente pela Copa América, com um time alternativo, a Seleção Brasileira derrotou a Argentina com um gol histórico de Adriano, no último minuto de jogo, que levou a partida para os pênaltis. Na disputa, o Brasil conquistou mais um título Sul-Americano.

O segundo triunfo brasileiro veio em território alemão, na Copa das Confederações de 2005. E, para ficar mais bonito, o título foi em cima de goleada com Adriano, Kaká e Ronaldinho brilhando.

Brasil e Argentina já realizaram 106 partidas, sendo 26 empates, 38 vitórias argentinas e 42 brasileiras. A maior goleada aconteceu em 1945, no dia 20 de dezembro, com os canarinhos vencendo por 6 a 2, no Rio de Janeiro, pela Copa Rocca, atual Superclássico das Américas.

O clássico já estrelou quatro finais, sendo três pela Copa América, com apenas uma vitória da Argentina, e uma pela Copa das Confederações, com vitória brasileira.

E falando do futebol feminino, foram 12 partidas com 10 vitórias para as brasileiras e, pasmem, com 40 gols a favor e somente nove sofridos.

Em uma comparação de títulos, a Seleção Brasileira também leva uma ampla vantagem. São cinco Copas do Mundo, oito Copas América, quatro Copas das Confederações, 12 Superclássicos das Américas e dois Pan-Americanos. Enquanto a Argentina tem duas Copas do Mundo, 14 Copas América, uma Copa das Confederações, cinco Superclássicos das Américas e um Campeonato Pan-Americano, totalizando apenas 23 contra 31 do Brasil.