Segunda edição do 'Jogo por um Teto' mobiliza jogadores e torcedores no Couto Pereira

O Coritiba, em parceria com a Organização Internacional TETO – instituição que constrói casas para famílias carentes –, realizou no último domingo (23) um evento beneficente, no qual toda renda foi destinada a uma instituição social. O evento, chamado Jogo por um Teto, está em sua segunda edição, e foi realizado no Estádio Couto Pereira.

Para quem ama futebol, foi uma oportunidade de ouro poder rever e matar as saudades dos craques da história do futebol brilhando dentro das quatro linhas, e, de quebra, contribuir com a organização social TETO.

Foto: Tribuna

Alguns dos craques que vestiram a camisa do Coritiba foram Alex, Gerson, Batata, Flávio, Heraldo, Vavá, Nascimento, Marildo, Castorzinho, Tostão, Jetson, Ademir e Aladim. No lado do Furacão, com camisas amarelas e azuis, Flávio, Alessandro, Igor, Marcão, Cocito, Clóvis Pereira, Alex Lopes, Pedro Oldoni, Roberto Costa, Luisinho Netto.

O time rubro-negro teve ainda o reforço do zagueiro Márcio Santos, tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira. Já o Tricolor, que vestiu o manto do Colorado, foi comandado pelo craque Lúcio Flávio e teve a presença de Luciano, Ednelson, André Dias, Fernando Miguel, Goiano, Castro, Renan Cesquin, Marcos Gaúcho, Ari Marques, Saulo, Ney Santos, Dinelson, Pedrinho Maradona e Reinaldo.

O Rainhas do Drible, em parceria com o Partiu Rolê CWB, fez uma cobertura incrível do evento, que iniciou às 9h e contou com duas triangulares. Primeiro se enfrentaram os times da imprensa paranaense, time TETO (voluntários, patrocinadores, apoiadores do evento e moradores das comunidades) e uma equipe da patrocinadora de material esportivo oficial. Já a partir das 11h, foi a vez do jogo das estrelas, com a presença de craques do presente e do passado, representando os times do Coritiba, Athletico Paranaense e Paraná Clube.

O clima era de descontração e harmonia, e todos os jogadores que conversei citaram o quão importante era estar ali, que além de poder rever amigos, também estavam em prol de uma ação tão relevante como essa.

Foto: Tribuna

Mas, mais importante que a vitória em campo, era estar presente naquele momento e poder ajudar quem precisa. Quando falamos que o futebol vai além das quatro linhas, não estamos exagerando. Ele vai mais longe do que se imagina.

Os ingressos custavam 15 reais e mais um quilo de alimento, e serão destinados ao TETO.

Sobre o TETO

Presente em vários países, a Organização Internacional TETO atua há mais de 10 anos para garantir o direito à moradia nas favelas mais precárias e invisíveis do país, através de programas sociais que geram soluções concretas de melhorias das condições de moradia e habitat. Atuando no Estado do Paraná desde 2015, o TETO conta com equipes fixas em seis comunidades: Caximba, Parolin, Portelinha, 29 de Março, Vila Nova (Colombo), Favorita e Santa Cruz (Araucária), e Jardim Independência (São José dos Pinhais). No total, já foram construídas 349 moradias. Além disso, a organização já realizou mais de 2 mil enquetes socioeconômicas e mobilizou mais de 3 mil voluntários.

Nós, do Rainhas do Drible, agradecemos a oportunidade de fazer parte dessa ação, e fiquem ligados, porque acompanharemos de perto, realizando a cobertura das construções dessas casas. Afinal, solidariedade é o amor em movimento.

Foto: Tribuna