Copa do Mundo Feminina: As sedes dos jogos

Oito estádios irão receber os jogos da Copa do Mundo Feminina da França. Das cidades que se candidataram, apenas Paris, Rennes, Reims, Le Havre, Valenciennes, Lyon, Grenoble, Montpellier e Nice estão na lista de anfitriãs.


Estádio da Copa do Mundo Feminina da França. Créditos: Consolis

Em março de 2015, a França se tornou oficialmente a sede da Copa do Mundo Feminina, e daqui a uma semana, exatamente, dará início ao 8º Mundial Feminino. O Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, sediará a abertura e o encerramento dos jogos, e tem a maior capacidade para receber os torcedores, com 59.186 lugares.

Depois dele vem o Parc des Princes, em Paris, com 48.583 cadeiras para receberem o público. O estádio foi construído em 1897, em um complexo esportivo pelo Duque de Morny, e seu mandante é o clube Paris Saint-German, o PSG.

O OGC Nice, localizado em Nice, também está com seu estádio entre os anfitriões. Com capacidade para 35.624 pessoas, o Allianz Riviera é um dos estádios mais recentes construídos para realizar a UEFA Euro 2016.

Em Montpellier, no Sul da França, com 32.900 de capacidade para a torcida, está localizado o Stade de la Masson. Um dos mais charmoso estádios da competição, ele é do clube Montpellier Hérault Sport Club e foi inaugurado em 1972.

Na cidade de Rennes, o Roazhon Park, é o quarto maior das sedes dos jogos. Inaugurado em 1912, tem espaço para 29.778 espectadores. Está localizado no Oeste da capital e pertence ao clube Stades Rennais.

Seguindo com mais uma sede, temos a cidade de Le Havre. Ela abriga o Stade Océane, do Le Havre AC, que tem apenas seis anos e capacidade de 25.179 pessoas.

O Stade du Hainaut também receberá os jogos da Copa do Mundo Feminina. Localizado na cidade de Valenciennes, pertence ao clube de mesmo nome e, com 25.172 de limite para torcedores, é o segundo menor dos estádios do Mundial.

Por fim, temos o Stade August-Delaune, na cidade de Reims. Pode receber 21.127 torcedores, sendo a menor capacidade dos jogos de 2019. O Stade Reims é seu mandante, e em 1938 realizou um jogo da Copa do Mundo.