Primeiro jogo da final do Carioca entre Vasco e Flamengo acontece daqui a pouco, no estádio Nilton Santos

Por: Akemy Morimoto

Vasco e Flamengo se enfrentam às 16h de hoje, no estádio Nilton Santos, pela primeira partida da final do Campeonato Carioca de 2019. Os times, que disputaram também a final da Taça Rio deste ano, em que o clube rubro-negro foi campeão, prometem um jogo emocionante e com garra. Mas, a expectativa não é de arquibancadas cheias, já que apenas cerca de 11 mil ingressos foram vendidos antecipadamente.

A última disputa entre os dois clubes aconteceu na final da Taça Rio, no dia 31 do mês passado, em um jogo de sangue quente que acabou com a vitória do Flamengo nos pênaltis. A partida deixou claro que o jogo só acaba quando o juiz apita. No final do segundo tempo, a torcida vascaína já comemorava o resultado de 1×0, com gol de Tiago Reis. Mas, tudo mudou quando, aos 48 minutos do segundo tempo, Arrascaeta marcou para o rubro-negro e levou a partida para os pênaltis, em que o Flamengo se demonstrou mais eficiente nas cobranças e conquistou o título pela nona vez na história do clube.

Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Com mais de 380 duelos na história, os rivais cariocas protagonizam um dos maiores clássicos do futebol brasileiro e, daqui a pouco, voltam a se enfrentar para mais uma disputa quente. A primeira partida da final do Carioca tem mando de campo do Vasco. O desejo do time era que o jogo acontecesse no Estádio de São Januário, mas no regulamento do Campeonato Estadual, cada clube tem 50% do direito aos ingressos, o que inviabiliza o jogo no local. Com isso, a partida vai acontecer no Estádio Nilton Santos, mais conhecido como Engenhão.

O fato do jogo não acontecer no Maracanã gerou polêmica entre os clubes. Atualmente, o Estádio do Maracanã tem gestão do Fluminense e do Flamengo pelos próximos 180 dias, o que o clube de São Januário considera errado. “O Maracanã é um aparelho do povo, deveria ser colocado em prol do futebol e atendendo a todos os clubes do Rio. Achamos muito estranho como isso aconteceu e vamos contestar na Justiça.”, afirmou o presidente do clube cruz-maltino, Alexandre Campello, na cerimônia de posse do presidente da CBF, Rogério Caboclo.

O estádio do Engenhão passou por um teste ontem, véspera do jogo, para legalização do uso do VAR (árbitro de vídeo) no espaço. Anteriormente, o Maracanã era o único estádio no Rio de Janeiro com a habilitação para o uso dessa tecnologia.

O segndo e decisivo jogo da final, com mando de campo do Flamengo, vai acontecer dia 21 no Maracanã. Mas, por enquanto, o foco é totalmente direcionado para o jogo de hoje.

Prováveis escalações:

No Vasco, Alberto Valentim contará com quase todo o time titular. A força só não será total porque Rossi não se recuperou de uma lesão na coxa direita. É provável que Yago Pikachu entre em seu lugar. Tiago Reis não foi escalado e na sua vaga joga o argentino Maxi López. Apesar do Rossi lesionado, a boa notícia é que o capitão Leandro Castán está de volta, após se recuperar de uma lesão na coxa esquerda.

No Flamengo, Abel Braga, conta com a volta de Gabigol, após cumprir suspensão na Libertadores, mas, ainda é dúvida quem vai sair para a entrada do atacante. Piris da Motta está lesionado e fica de fora da partida de hoje. Já Lincoln, recuperado de uma lesão na coxa, foi escalado pela primeira vez por Abel.

Arbitragem:

Rodrigo Nunes de Sá apita o jogo com os auxiliares Silbert Sisquim e Thiago Farinha. O árbitro de vídeo será Rodrigo Carvalhães.