Empatia no clássico alvinegro

Durante o clássico deste domingo (31), válido pela semifinal do Campeonato Paulista 2019, Danilo Avelar e Felipe Aguilar se chocaram de cabeça em um determinado lance da partida. O santista levou a pior e caiu desacordado em campo fazendo com que todos ficassem preocupados.

Gustavo, carinhosamente chamado de “Gustagol” é atacante do Corinthians, e após perceber a gravidade da situação, pediu permissão ao juiz para tirar sua camisa e abanar o companheiro da equipe adversária. Minutos depois, Felipe Jonatan tem a mesma atitude.

Estamos tão acostumados a ver a rivalidade que jogadores de times opostos tem um com outro, que quando algo como isso acontece repercute muito sobre as mídias sociais. E o mesmo aconteceu com a atitude de Gustagol. Comentou-se muito sobre o gesto de humildade, empatia e respeito que o jogador teve para com o jogador do peixe. Por vezes, o futebol é injusto, e tem situações que o mancham. Entretanto, são coisas como essas que fazem com que o mesmo valha a pena e seja um esporte tão querido e amado.

Por mais que esteja defendendo outra equipe, e jogando um clássico do tamanho que Corinthians e Santos representam, deixar de lado a rivalidade mostra que por trás do jogador de futebol mora um ser humano e que condutas como a do atacante corinthiano sejam lembradas e usadas como referencia todas as vezes que situações como essas acontecerem.

Reprodução