Club Athletico Paranaense – o mais novo campeão continental

Dia 12 de dezembro de 2018 ficará marcado na memória do torcedor athleticano. Foi o dia em que a América do Sul inteira se voltou para Curitiba e ocorreu o jogo mais importante da nova Arena da Baixada e o jogo mais importante da vida de cada rubro-negro. A expectativa em torno desse jogo era grande, estádio cheio, quebra de recordes, ansiedade e nervosismo à mil. Mas agora torcedor, pode respirar aliviado e soltar o grito de Campeão!

Mesmo depois de tanto bafafá sobre as mudanças de identidade no clube, que por sinal ocorreram um dia antes da final, o Athletico Paranaense traz um título inédito para seus torcedores e seu estado. Não é apenas orgulho rubro-negro, mas orgulho paranaense.

Jogo de ida

O Athletico foi à Colômbia, enfrentar o Junior Barranquilla para o primeiro jogo da final da Copa Sul-americana e voltou para a casa com um empate de 1×1 com gols de Pablo, para o time brasileiro, e de Yony Gonzalez para o time colombiano. O resultado, como muitos sabem, deixou o ganhador do título em aberto porque não existe mais a vantagem do gol qualificado.

Final

O jogo foi teste para cardíaco nenhum botar defeito. Logo na primeira etapa, aos 26 minutos, Pablo marca para o time da casa, o atacante que vem atuando bem pelo Furacão e tem atraído muitos olhares dos times brasileiros. Porém, para desespero do torcedor athleticano, o time colombiano empata no segundo tempo, aos 12 minutos, com gol de Gutiérrez. O jogo foi tenso e intenso chegando a ir para prorrogação. Aos quatro minutos do segundo tempo da prorrogação um pênalti para o Barranquilla poderia ser a chance do time colombiano de levar a taça, mas o meia Barrera perde, levando o jogo aos pênaltis.

Nas cobranças, o Athletico venceu o Barranquilla, que cobrou muito mal, por 4×3 e tornou-se o primeiro time paranaense a vencer essa competição. Com o título, o time leva uma vaga direta para a fase de grupos da Copa Libertadores 2019.

Parabéns ao torcedor athleticano que pode comemorar o título inédito e respirar aliviado depois de um jogo difícil. Curitiba, o Paraná, o Brasil e a América é rubro-negra!

Foto: Paraná Online