O que a torcida do tricolor carioca pode esperar para 2019?

Por: Andressa Cerqueira

Gostaria de escrever sobre um ano cheio de emoções para a torcida tricolor. Porém, o contexto é bem diferente. Com jogadores apáticos, diretoria em crise, falta de um patrocinador master, e, sobretudo, um presidente que mal aparece para prestar explicações, os tricolores não sabem mais o que esperar para o ano de 2019.

Não dá pra dizer que, em 2018, o Fluminense não tenha dado emoções a sua torcida. Posso dizer que os torcedores gozaram de sabores agridoces durante um ano sem títulos, mesmo com algumas conquistas grandiosas, como a chegada do clube à semifinal da Copa Sul-Americana.

Como torcedora sempre procurei ser otimista. Apoiei em 2009 quando não havia da onde arrancar mais esperanças, vibrei o título de 2010 por ver todo o esforço daquele elenco que, mesmo na crise, com tudo estando contra eles, acreditavam e se doavam pelo clube. Hoje, não dá mais pra dizer o mesmo.

Hoje não vejo outra solução além de uma reformulação dentro da Instituição. Os bons, aos poucos, estão saindo. E, apesar da molecada da base ter uma qualidade incrível, talvez não possuam a maturidade de esperar esse cenário de caos passar para poder levantar o clube.

O torcedor tricolor não merece esse cenário. A história da Instituição não merece esse cenário. Nós precisamos de mudanças para voltarmos a sonhar.

Já dizia Nelson Rodrigues: “Grandes são os outros, o Fluminense é enorme!”. Que em 2019 nossa torcida volte a ter a esperança no grandioso time de guerreiros!

Reprodução: Andressa Cerqueira