Renato Kayzer fala sobre permanência do Atlético-GO na série B

O Campeonato Brasileiro Serie B chegou ao fim no último fim de semana e o Atlético-GO, mesmo tendo brigado pelo acesso até o fim, não conseguiu voltar à elite do futebol. A equipe encerrou seus trabalhos no campeonato com uma ótima vitória sobre o Paysandu goleando por 5 a 2 fora de casa a equipe alviceleste, decretando assim, o rebaixamento da equipe paraense para a Série C. Durante toda a competição a equipe goiana esteve entre os dez primeiros colocados, mas com o fim da competição a equipe terminou em sexto lugar, deixando escapar entre os dedos o G4.

O atacante Renato Kayzer, que veio do Cruzeiro por empréstimo no início do ano, foi um dos principais nomes da equipe durante essa temporada. Com o futuro ainda indefinido, o atleta falou com a Rainhas do Drible sobre não ter alcançado o tão esperado acesso.

Você foi um dos principais atletas do time, sendo assim o que você acredita que faltou para conseguir o acesso?

“Acho que um pouquinho mais de atenção em alguns jogos que a gente tomou gol no final do jogo, foi também um pouquinho de incompetência nossa e falta de atenção, e alguns gols que sofremos no final acabou prejudicando nosso desempenho no campeonato. Mas acredito que nós fizemos um grande trabalho”.

Você acredita que dá para melhorar isso para o próximo ano?

“Com certeza, vai chegar alguns atletas novos para nos ajudar não sei ainda quem vai chegar, isso é preferência da diretoria, ela que determina isso. Acredito que eles têm competência para trazer jogadores de qualidade como foi esse ano, e quem chegar aqui que possa ter uma boa sorte e ajudar o clube”.

O campeonato chegou ao fim, qual sentimento que fica?

“Ficou um gostinho de quero mais, como eu falei os gols que a gente tomou ficou muito caro para nós, a gente vendeu uns empates muito baratos para equipes que a gente tomou gol no final. Ficou esse gostinho de quero mais, se tivesse mais alguns jogos a gente poderia mudar isso! Então Série B não pode brincar, não é se dizer brincar é um pouquinho mais de atenção, não poderia ter um pouco de descuido como a gente teve, se tivesse mais um pouquinho de atenção teria mudado essa colocação nossa”.

Por você, permanece no clube?

“Não tem definido, a gente iniciou algumas conversas. Apareceu o interesse de alguns clubes, estou deixando minha preferência para o Atlético, mas tenho que ver também o lado da minha família”.

Você permanecendo no clube, já pensa no Campeonato Goiano?

“Com certeza, acho que quem veste a camisa do time ainda mais aqui tem que pensar em título principalmente em um campeonato estadual. Se Deus quiser que eu permaneça aqui com certeza eu vou voltar querendo o Campeonato Goiano”.

Um recado para a torcida

“Agradecer, não em tom de despedida, mas agradecer a forma que eles me receberam, de como fui tratado o tempo todo que fiquei aqui. Se deus quiser que eu fique aqui, ano que vêm vou dar muitas alegrias para eles e com certeza e se Deus quiser vai sair um título”.

Fonte: @renatokayser