A tua glória é lutar. 123 anos de Flamengo!

O ano era 1895, na cidade maravilhosa, nascia então “O mais querido”, “O time da massa”, o Clube de Regatas do Flamengo, que fora fundado a princípio para as disputas de remo da época. Azul e dourado foram as suas primeiras cores, mudando no ano seguinte (1896), para o tradicional vermelho e preto de hoje em dia. Em 1912, começava então, sua grandiosa história no esporte mais amado do planeta. E que história! Tendo como suas maiores glórias a Copa Libertadores da América e o Mundial Interclubes de 1981, liderado por Zico e companhia, o Flamengo se consagrava então como um dos maiores clubes do país e do mundo.

Ser Flamengo é para os fortes. Nós, torcedores rubro-negros, estamos acostumados a ver um time com raça, com vontade de dar o sangue pelo time, sangue vermelho como na bandeira e no escudo que é nossa pele. Uma camisa não é simplesmente uma camisa pra nós, é manto sagrado. Somos chamados de “mulambos”, “time de favelados”, mas cá pra nós, temos orgulho de torcer pelo time do povo, o time com a maior torcida do país. Isso aqui definitivamente é Flamengo!

Eu não estava presente em 81 na vingança e goleada de 6×0 sobre o Botafogo, por exemplo. Também não estava presente em 87, no qual defendo com unhas e dentes, pois títulos se ganham em campo! Muito menos na Libertadores ou Mundial, mas sabe, tuas glórias ainda são presentes, e eu comemoro títulos que nem presenciei, porque te amar vai além de datas, vai além do que vi com meus próprios olhos.

Eu te vi ser Hexacampeão brasileiro em 2009 quando ninguém apostava em você e campeão da Copa do Brasil quando todos te disserem que ia sair na primeira fase em 2013. Eu te vi revelar craques e ídolos nacionais, eu vi você virar jogos que estavam perdidos. Sim, eu já vivi e ainda viverei muitas coisas com você, Flamengo. Emoções sem explicação e que só quem é “Mulambo” entende. E a supremacia continua: ou é flamenguista, ou odeia o Flamengo. De fato, somos nós contra todos os outros. Afinal, somos todos menos alguns, né?

Nossa torcida está sete vezes entre os dez maiores públicos do campeonato brasileiro, primeiro clube a realizar 1000 jogos na série A, nunca caímos de divisão, o Flamengo nunca foi derrotado pela Seleção Brasileira, com direito a derrotá-la na geração de Pelé. São 123 anos de história. Muitas gerações, e sempre milhares de torcedores te apoiando. E podem se passar mais 123 anos, tu continuarás sendo o maior, tu ainda será lembrado por todos. Como disse Nelson Rodrigues “Cada brasileiro, vivo ou morto já foi Flamengo por um instante, por um dia”. Parabéns, Clube de Regatas do Flamengo, até que a morte nos separe!