Raça, amor e paixão

O Flamengo possui a maior torcida do Brasil. Segundo o DataFolha, mais de 16% dos torcedores brasileiros declaram preferência pelo time carioca. A própria letra do compositor Eduardo Souto Neto demonstra o amor que a torcida sente pelo Mengão:

“Eu sempre te amarei

Onde estiver estarei

Oh, meu mengo!”

A relação entre clube e torcida é emocionante. No jogo de ontem, mais de 52 mil rubro-negros fizeram a festa no Maracanã. Com o público pagante da partida, o Flamengo conquistou a marca de 1 milhão de ingressos vendidos como mandante em 2018.

Ganhar é bom, mas ganhar do rival é melhor ainda! O Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 0. O colombiano Uribe, que não marcava desde julho, desencantou e fez dois, o outro gol foi marcado pelo zagueiro Léo Duarte.

A vitória foi importante para o Flamengo, já que o clube briga pelo título. O campeonato já está na 29ª rodada, mas não se pode confirmar o título para nenhum clube. A competição está acirrada: Palmeiras, Flamengo, Internacional, São Paulo e Grêmio estão na disputa e, até a execução deste texto, o Flamengo havia conquistado a vice-liderança e contava com o tropeço dos outros clubes.

“Oh, meu mengão, eu gosto de você

Quero cantar ao mundo inteiro

A alegria de ser rubro-negro

Conte comigo, mengão!”

Faltam nove rodadas para o final do Brasileirão, a disputa para o título do campeonato é a grande, e a expectativa do torcedor do Mengo também. Os trechos da música acima descrevem a emoção do torcedor flamenguista, afinal, o que seria do futebol sem raça, amor e paixão?

Foto:Diego Maranhão/Estadão Conteúdo