A má fase no futebol

Nada dá certo. Ou melhor, tudo dá certo, até chegar na pequena área onde o jogador perde aquele gol imperdível, acabando com toda a jogada. E aí me responda, o que importa o resto dar certo? Claro que é importante o time jogar bem, mas o futebol é eficiência. É a eficiência que a França teve para ganhar a Copa do Mundo 2018, por mais que outros times tenham jogado muito.

Bola na trave não altera o placar, e que agonia isso dá! Com certeza, é capaz de matar um. Pelo menos, um igual a mim. A expressão “a bruxa está solta” faz muito sentido, pois quando ela está solta no futebol, não tem explicação: a bola chega no pé do centroavante e ele erra uma, duas, três, quatro, cinco ou mais vezes.

Até onde pode chegar a má fase de um time? Isso ninguém sabe… Porém, todos os amantes do esporte sabem que o apoio tem que vir de todas as maneiras, assim como as exigências, e acredito fielmente que isso é capaz de “queimar a bruxa” da equipe. Acreditem no time de vocês! Apoiem, vão ao estádio, não desliguem a TV após o gol perdido, a época da má fase é quando o time mais precisa da gente! A nossa força é maior do que pensamos.

DESABAFO: Desculpem-me a influência desse amor que tenho em mim, mas preciso deixar aqui o meu registro… Santos, volte a ser o Santos! Eu acredito no peso da sua camisa! O Santos bi mundial, com três libertadores, o time que o Rei do Futebol jogou, o time que revelou o menino Neymar, o time com uma das melhores bases do Brasil, o time que nunca foi rebaixado, um dos – se não o mais – times brasileiros mais conhecidos no mundo afora! “Sai zica”!