O Brasil pode ser hexa ainda este ano

Por: Bárbara Jardim

A Fifa divulgou nesta terça-feira (24), os candidatos ao prêmio de melhor do mundo Fifa The Best. A lista de jogadores não conta com brasileiros, mas sim com uma brasileira. Apesar da surpresa de muitos em não terem visto o nome de Neymar entre os indicados, Marta não decepcionou.

A divulgação veio a público através do site da FIFA. A premiação conta com quatro categorias diferentes: Melhor técnico de futebol feminino, melhor técnico de futebol masculino, melhor jogador e melhor jogadora de futebol.

Fifa.com

Enquanto alguns já esperavam, para outros foi um choque que Neymar não estivesse entre os candidatos. A lista masculina conta com Cristiano Ronaldo, Kevin De Bruyne, Antoine Griezmann, Eden Hazard, Harry Kane, Kylian Mbappé, Lionel Messi, Luka Modric, Mohamed Salah e Raphael Varane. Essa é a primeira vez, desde os últimos seis anos, que nenhum brasileiro foi nomeado. Mas se por um lado não há representantes entre os jogadores, uma jogadora fez a diferença e pode trazer o hexa para casa.

A capitã da seleção brasileira, que já recebeu o prêmio outras cinco vezes, está novamente entre as dez melhores. A lista também inclui Lucy Bronze, Pernille Harder, Ada Hegerberg, Amandine Henry, Samantha Kerr, Saki Kumagi, Dzsenifer Marozsán, Megan Rapinoe e Wendie Renard.

Marta, que atua há apenas um ano pelo Orlando Pride, já é a terceira maior artilheira da história do clube e chama a atenção mundial. Se há mais de dez anos um brasileiro não é eleito o melhor da Fifa, sendo o mais recente Kaká, em 2007, no futebol feminino a realidade é diferente. Marta conquistou o Fifa The Best por cinco anos consecutivos, entre 2006 e 2010, esse ano a brasileira pode ser hexa campeã.

A lista de brasileiros não para por aí. Tite também não foi indicado como melhor treinador, o que já era de se esperar, após a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo. Apesar disso, Vadão está representando a seleção brasileira entre os melhores técnicos de futebol feminino.

A premiação realizada pela FIFA mostra que apesar de ainda ser pouco valorizado no Brasil, o futebol feminino merece toda atenção e destaque, com dois indicados na categoria contra nenhum representante do futebol masculino. Essa é a prova de que nem sempre promovemos os heróis corretos.

A votação para escolha dos três finalistas de cada categoria começou na terça-feira e vai até o dia 10 de agosto, sendo divulgada apenas no mês de setembro. Até lá, a torcida brasileira está 100% voltada para o futebol feminino.

Trivela