Somos a história

Divulgação: GloboEsporte

Por: Andressa Cerqueira

Sou aquele time que te faz chorar, gritar, suar. Aquele que te deixa de mão fria. Que possui uma torcida que, mesmo eu estando no fundo do poço, não deixou de acreditar. Sou o time do impossível, aquele dado como morto, conformado com um rebaixamento tido como certo por matemáticos que calculam tudo, menos paixão.

O que não possui uma torcida numerosa – e sequer preciso de números, já que minha torcida leva um “imperecível estandarte de paixão”.

Sou o pioneiro no futebol do Rio de Janeiro, fundando em 1902 na Rua das Laranjeiras, estádio o qual foi palco inicial da seleção brasileira. E pasmem vocês, o primeiro gol dessa seleção foi feito por Oswaldo Gomes. Um dos meus.

Eu, minha torcida, somos a história. Se alguém quiser falar do futebol brasileiro ou fala de mim ou estará mentindo.

Muito prazer, Fluminense Football Club.