Até 2022!

Se tem uma coisa que povo brasileiro sabe é driblar os acasos da vida e dar a volta por cima. Aqui temos o sangue de um povo batalhador, que acredita até o último segundo. Quem nunca ouviu o famoso bordão ‘’sou brasileiro não desisto nunca’’? Pois é.

Até 2022 hexa, até breve seleção. Caímos dando o sangue do esforço até o fim daquela partida, é hora de recolher as bandeirolas, guardar a camisa e os sentimentos bons dessa Copa do Mundo tão sonhada. Foi lindo de se ver a festa que a nação brasileira fez aqui e na Rússia, os hits musicais criados, as coreografias, o hino nacional brasileiro cantado a capela. É realmente triste ter que parar antes do dia 15, eu sei.

Contudo, sabe qual a minha maior preocupação? É com as pessoas que sequer se permitiram aproveitar esses dias, torceram contra, desejaram essa derrota e confundiram os assuntos. Se me permite perguntar: O hexa não veio, e a saúde melhorou? A educação ficou mais qualificada? Não! Porque nós insistimos em colocar a culpa do erro que cometemos nas urnas, em outros artefatos. Você sabia que os países que possuem educação de primeiro mundo não conseguiram isso baseado na quantidade de estrelas que a camisa da seleção deles tem bordada?

Já passou da hora da gente ser o Brasil que a gente quer! Deveríamos ter aprendido com a Copa que a união faz a força sim, o ‘’filho teu’’ que não foge da luta citado no hino está adormecido em todos nós, fazer ‘’ele’’ acordar é também tentar fazer o Brasil mudar. Até lá, negros serão mortos por serem negros, você não poderá usar o celular em qualquer esquina e a saúde pública ainda será precária. A mesma voz que grita GOL pode gritar pelos seus direitos. Continua mostrando tua força Brasil, o hexa dependia só dos jogadores, o futuro dessa nação não. Nosso time tem mais de 11!